Menu
SADER_FULL
sábado, 17 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
dourados - assassino de bebê

Suposto assassino de bebê de cinco meses é espancado por companheiros de cela

1 Out 2013 - 18h00Por 94 FM

Detido desde a manhã de ontem (30), o cuidador de carros José Fernandes Freitas, 36 anos, foi espancado por 11 companheiros de cela, no 1º Distrito Policial de Dourados. Ele é suspeito de ter torturado um bebê de cinco meses, que não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde ontem no Hospital Universitário.

O delegado responsável pelo caso, Adilson Stiguivitis, disse à redação da 94FM que os policiais ouviram diversos gritos vindos da cela e correram para o local, mas quando chegaram, Freitas já havia sido agredido e estava com vários hematomas por todo o corpo, porém, permanecia consciente. Ele foi socorrido e levado para o Hospital da Vida, onde recebeu o devido atendimento e foi liberado horas depois.

Por questão de segurança, Freitas foi transferido para o setor de segurança da Phac (Penitenciária Harry Amorim Costa). Segundo o delegado, um Boletim de Ocorrência foi registrado, contudo, a vítima [Freitas] não quis assinar o B.O., alegando que não representaria contra os colegas de cela.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - CAOS NA SAÚDE
Defensoria flagra pacientes renais sem água e comida no Hospital da Vida
ACIDENTE DE TRABALHO
Homem morre ao ser puxado por colheitadeira quando fazia limpeza
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Cansada de apanhar mulher desfere golpes de faca em companheiro
POLICIAIS CORRUPTOS
PMs são denunciados por ligação com tráfico; bandidos fizeram foto em caveirão
FRONTEIRA VIOLENTA
Corpo de homem é desovado no rodoanel de Ponta Porã
AGRESSÃO
Mãe de rapaz autista diz que filho foi espancado sem razão e revela ameaças
FÁTIMA DO SUL - MOTO ROUBADA
Durante velório, moto é furtada em Fátima do Sul
ACIDENTE FATAL
Ambulância que transportava paciente bate em trator e jovem morre em rodovia de MS
100 MULTAS
Esperando para receber atrasados, empresa desliga 144 radares de novo
CÚMULO DO ABSURDO
Mãe esconde a própria filha no guarda-roupas para evitar a prisão do marido por estupro