Menu
SADER_FULL
terça, 19 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
FRAUDES E ESTELIONATO

Rei do Fies, filho e mais 30 são denunciados por fraudes e estelionato

O esquema tinha, inclusive, um núcleo jurídico especializado apenas em encobrir as fraudes

29 Out 2019 - 06h43Por Topmidia News

José Fernando Pinto da Costa, o filho Sthefano Bruno e mais 30 foram denunciados pelo Ministério Público Federal por fraudes, estelionato e organização criminosa. José Fernando é reitor e dono da Universidade Brasil e já chamado de o ‘Rei do Fies’ pelo complexo esquema construído para burlar o financiamento estudantil.

Conforme o MPF, a organização criminosa era responsável pela venda de vagas no curso de medicina da Universidade Brasil, em Fernandópolis (SP), e pela contratação fraudulenta de financiamento público por meio do Fies. O esquema tinha, inclusive, um núcleo jurídico especializado apenas em encobrir as fraudes.

Os envolvidos cobravam até R$ 120 mil por aluno para garantir a matrícula sem processo seletivo e para enquadrar no programa de financiamento estudantil pessoas que não fariam jus ao benefício. Eles foram presos pela Polícia Federal, mas saíram por decisão do Superior Tribunal de Justiça.

Os prejuízos causados à União em virtude do custeio indevido das mensalidades pode ter chegado a R$ 500 milhões. O MPF ajuizou ainda outras duas denúncias contra parte do grupo pelos crimes de falsidade ideológica e fraude processual, devido às tentativas de obstruir as investigações.

O esquema era liderado pelo reitor e proprietário da universidade, José Fernando Pinto da Costa, preso no dia 3 de setembro após a deflagração da Operação Vagatomia, e pelo seu filho Sthefano Bruno Pinto da Costa, CEO do estabelecimento de ensino.

Além de funcionários do campus de Fernandópolis, integravam a organização criminosa pessoas lotadas na sede da instituição na capital paulista. O comércio de vagas contava ainda com a atuação de assessores educacionais sem vínculo formal e “aparente” com a Universidade Brasil, que eram responsáveis pela captação de alunos interessados em comprar o ingresso na graduação e/ou obter concessão indevida do Fies.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher é gravada abandonando seus 3 cachorros em um terreno abandonado.Ela os empurra e foge
CULTURAMA - SUSTO
CULTURAMA: Motoqueiro vítima de acidente é identificado, foi socorrido pelos Bombeiros e passa bem
ACIDENTE AÉREO FATAL
Médico, filha e piloto são os mortos da queda de avião. Esposa está em estado gravíssimo
MORTE A ESCLARECER
Condenada por matar filha bebê é encontrada morta em presídio
TRAGÉDIA AÉREA
Tragédia matou Marcela e Maysa, filhas do homem que abriu a comunicação de MS
CULTURAMA - ACIDENTE
AGORA: Grave acidente envolvendo motoqueiro e ônibus próximo a Culturama
TRANSITO VIOLENTO
Em menos de 24 horas, dois motociclistas morrem em Campo Grande
DOENÇA DO SÉCULO
Jateiense com depressão comete suicídio por enforcamento
PROCURADO
Interpol emite alerta vermelho para prender ator acusado de estupro que fugiu para o Brasil
DOURADOS - SAINDO DE BAILÃO
Professora de 84 anos é presa em flagrante dirigindo bêbada após bailão em Dourados