Menu
CÂMARA BONITO SETEMBRO
sábado, 21 de setembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
MUNDO MEDONHO

Professora mandava nudes e exigia sexo para aumentar notas

Ela foi descoberta pelo pai de um aluno ao enviar fotos provocantes para seu celular.

5 Jun 2019 - 11h06Por La Republica

                                    A professora colombiana Yokasta M, de 40 anos, que lecionava em Medellin, tinha métodos pouco usuais para avaliar seus alunos.

                                   Segundo o portal La República, do Peru, ela ameaçava os alunos, principalmente de 16 e 17 anos, afirmando que iria melhorar as notas deles se fizessem sexo com ela. Caso eles negassem, Yokasta falava que iria reprová-los.
                                   Ela foi descoberta pelo pai de um aluno ao enviar fotos provocantes para seu celular. Agora ela pode ser condenada a até 40 anos de prisão, e seu marido está pedindo o divórcio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEODÁPOLIS - VIROU POLÍCIA
Confusão entre funcionários de hospital por causa de 'escala' termina na Delegacia em Deodápolis
DOURADOS - IRREGULARIDADES
Tetila é condenado a devolver R$ 173 mil por irregularidades na compra de ambulâncias em Dourados
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso abrirá 350 vagas para a Guarda Civil na Capital
TEMPESTADE
Temporal deixa rastro de destruição em cidade de MS
ACIDENTE GRAVE
Acidente com van escolar deixa dez crianças feridasí; duas estão em estado grave
TRAGÉDIA NA CIDADE
Assassinato de 3 pessoas e um suicídio assusta moradores de cidade
MORTE TRAGICA
Mulher morre após ter 98% do corpo queimado ao acender churrasqueira
CRIME DESVENDADO
Autor do Crime da Mala é identificado 11 anos depois por exame de DNA
CRIME DE PISTOLAGEM
Cabeleireira é morta a tiros em cidade paraguaia, fronteira com MS
FÁTIMA DO SUL - ENCONTRADA
Mãe agradece comunidade de Fátima do Sul pelo retorno de sua filha