Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Direitos trabalhistas

Professora ganha direitos na justiça após trabalhar por oito anos sem registro em carteira

Ficou comprovada através de provas documentais a existência de vínculo de emprego

7 Jun 2017 - 16h03Por Capital News

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região manteve por unanimidade a decisão da 6ª Vara do Trabalho de Campo Grande que reconheceu o vínculo empregatício entre o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e uma professora que trabalhou durante oito anos na unidade, sem registro em carteira.

Divulgação

TRT faz Semana de Execução e fecha R$ 2,7 milhões em acordos trabalhistas

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região manteve por unanimidade a decisão da 6ª Vara do Trabalho

A empresa foi condenada a assinar a carteira de trabalho de junho de 2006 a agosto de 2014; a pagar o aviso prévio, décimo terceiro salário e férias atrasadas; e a recolher o FGTS, acrescido da multa de 40%, de todo o período do contrato de trabalho.

 O Senac alegou que a professora prestou de forma esporádica, em cursos com duração máxima de duas semanas, configurando trabalho autônomo. Porém, o relator do caso, Desembargador Nicanor de Araújo Lima, concluiu que as provas documentais apresentadas comprovaram a prestação de serviço não eventual, mesmo que em períodos curtos o trabalho foi seqüencial, caracterizando o vínculo de emprego.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Maniaco Sexual
Homem é preso por abusar sexualmente de menina que queria adotar
Brincadeira Fatal
Tragédia: bebê morre esmagado durante brincadeira com carro da família
CONTRABANDO
Homem é preso com 450 mil maços de cigarros e caminhão roubado
Execução
Homem tenta correr, mas é executado no meio da rua
Acerto de Contas
Homens falam que são policiais e matam jovem com 45 tiros
Caarapó
PM apreende caminhonete com 1,2 tonelada de maconha no interior de MS
Fátima do Sul
Viatura do Corpo de Bombeiros de Fátima do Sul se envolve em acidente em Ivinhema
Traumatismo Craniano
Uma moto é arrastada por outra cerca de 25 metros em acidente no centro de Nova Andradina
ACIDENTE
Mulher morre em acidente entre moto e caminhão em Amambai
Nova Andradina
Vaca brava interdita MS-276 e danifica duas viaturas da Polícia Militar Rodoviária