Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
São Gabriel do Oeste

Prefeitura abre concurso para 86 vagas com salário até R$ 14 mil

14 Mar 2017 - 08h01Por DOURADOS AGORA

A prefeitura de São Gabriel do Oeste (MS) divulgou edital de concurso público para 86 vagas e cadastro reserva em cargos de níveis superior, médio e fundamental. Os salários variam de R$ 678,74 a R$ 14.486,93 (valores abaixo do salário mínimo vigente, R$ 937, estão sujeitos à complementação salarial).

A Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura (Fapec) é a organizadora. O concurso visa selecionar candidatos para secretarias municipais, Fundação de Saúde Pública (Funsaúde), Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento Econômico (Funpesg), Fundação de Cultura (Fungab) e Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Gabriel do Oeste (SAAE).

Os cargos de nível superior são assistente social, enfermeiro, engenheiro civil, fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo, pedagogo escolar, pedagogo técnico em inspeção escolar, professor regente (educação física, educação infantil, geografia, matemática, português e anos iniciais), médico (clínico geral, radiologista, anestesista, emergencista, ginecologista/obstetra, oftalmologista, ortopedista, pediatra), farmacêutico e farmacêutico-bioquímico.

Para nível médio, há oferta para assistente de administração, auxiliar de enfermagem, educador social, motorista de transporte escolar, agente administrativo, auxiliar administrativo educacional, auxiliar de farmácia, mecânico especializado, técnico/instrutor de informática, técnico de enfermagem, técnico de laboratório, técnico em imobilização ortopédica, técnico em segurança do trabalho, técnico em imobilização em gesso, assistente de biblioteca e videoteca, técnico em contabilidade e instrutor de música.

Lavadeira, auxiliar de serviços gerais, vigia, borracheiro, merendeira/cozinheiro, recepcionista, auxiliar de administração, agente de combate às endemias, agente comunitário de saúde, auxiliar de consultório dentário, motorista de veículos pesados, operador de máquinas e equipamentos pesados, operador de máquinas agrícolas, trabalhador agropecuário em geral e almoxarife exigem nível fundamental completo.

Encanador, motorista, servente e coletor de resíduos são funções de nível fundamental incompleto.

As inscrições deverão ser feitas de 15 de março até 3 de maio pelo site www.fapec.org/concurso . As taxas são de R$ 120 (nível superior), R$ 80 (nível médio) e R$ 60 (ensino fundamental completo ou incompleto).

O processo seletivo vai contar com provas escritas objetivas, de caráter eliminatório. A aplicação da prova está prevista para o dia 21 de maio. No período matutino, as provas para os cargos de nível superior e nível fundamental completo devem ser aplicadas. À tarde, serão as provas para os cargos de nível médio completo e nível fundamental incompleto.

Provas práticas serão realizadas, dependendo do cargo. Data será divulgada. Os candidatos a cargo de nível superior ou cargo de auxiliar administrativo educacional, dependendo da classificação na prova escrita, participarão da prova de títulos.

O prazo de validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GLÓRIA DE DOURADOS - ASSASSINATO
Glória de Dourados: Com faca cravada nas costas, perícia constatou mais 5 perfurações pelo corpo
GLÓRIA DE DOURADOS - ACIDENTE NO CENTRO
Motociclista fica ferido após colidir em vidraça de loja em Glória de Dourados
PARANHOS
Indígena é executado a tiros em plena luz do dia e polícia investiga
GLÓRIA DE DOURADOS - MORTE A ESCLARECER
Homem é morto a 'facada' enquanto mexia em máquina de música em bar em Glória de Dourados
FACÇÃO CRIMINOSA
Corpo de homem desaparecido é encontrado degolado em milharal
PERDEU O CONTROLE DA DIREÇÃO
Carro pega fogo na avenida
CACHAÇA
Condutor embriagado é preso após causar acidente na BR-267 em Bataguassu
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante