Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Não é Baleia Azul

​Polícia flagra adolescentes de MS em grupo de novo jogo suicida no WhatsApp

25 Mai 2017 - 10h45Por MÍDIA MAX

A Polícia Civil de Campo Grande identificou um grupo de WhatsApp com cerca de 100 participantes, entre crianças e adolescentes de Mato Grosso do Sul, que pode fazer parte de um jogo virtual com desafios de automutilação. O flagrante ocorreu durante investigações sobre participação de menores de MS no 'Baleia Azul', que foi descartada.

No entanto, a nova modalidade teria o mesmo sistema de funcionamento do jogo que ficou mundialmente conhecido depois de inúmeros suicídios de adolescentes serem ligados aos desafios virtuais.

A investigação em Campo Grande começou em abril, quando uma mãe procurou a Polícia depois de flagrar lesões no braço da filha. Os primeiros sinais de que algo estava errado com a menina apareceram em janeiro. Ela passava a maior parte do tempo trancada no quarto e a mãe não conseguiu se aproximar para saber o que estava ocorrendo.

Segundo o delegado Fábio Sampaio, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), o inquérito não foi finalizado, pois ainda haverá pedido de autorização para periciar os números de demais participantes.

Sampaio explicou ao Jornal Midiamax, que a análise no aparelho constatou que a jovem começou a participar do grupo no Facebook, mas depois disso recebeu convite para o WhatsApp. Ainda não há informações, se ela pediu para participar do grupo na rede social ou se foi inserida.

De acordo com a polícia, o grupo identificado no aplicativo tem mais de 100 participantes, e conta com mais sul-mato-grossenses, além da menina investigada. Com a mesma finalidade do jogo “Baleia Azul”, os administradores enviam centenas de vídeos de pessoas se mutilando ou com vulnerabilidade emocional atentando contra a própria vida, de formas diversas.

A análise também averiguou diversas imagens de supostos demônios ou de pessoas ensanguentadas.

O delegado pontua que essa é uma nova modalidade e recomenda atenção dos pais nas atitudes do filhos, que busquem saber com quem os filhos se relacionam e seus itinerários. “Hoje justifica-se muito com a invasão de privacidade, mas é preciso fechar as portas para ações negativas como estas contra nossos filhos”, finalizou o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante
GREVE CONTINUAM
Caminhoneiros desmentem acordo com Governo e mantêm paralisação na Capital
CRUELDADE
Pastor abusou, agrediu e matou filho e enteado carbonizados
DO CONTRA
Homem enfrenta caminhoneiros com motosserra em rodovia; veja o vídeo
NA RODOVIA
Carro furtado é encontrado sem as rodas e incendiado
FÁTIMA DO SUL - PREÇOS ABUSIVOS
Após preços da gasolina, consumidor pode acionar Procon e Ministério Público em Fátima do Sul
BLOQUEIO CAMINHONEIROS
Pelo menos 300 caminhões estão parados em pontos de bloqueio em Dourados
AGIO NO PETROLEO
Cinco postos de Dourados são autuados por venderem gasolina com preço abusivo
GREVE CAMINHONEIROS
Posto do Pina que cobrou R$ 8,99 pelo litro da gasolina é interditado