Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
INVESTIGAÇÃO

Polícia Federal faz operação contra fraudes em benefícios do INSS

Ação investiga prejuízo de R$ 5 milhões aos cofres públicos.

6 Jun 2017 - 08h12Por G1

A Polícia Federal realiza, nesta terça-feira (6), uma operação para combater um grupo suspeito de fraudar benefícios previdenciários de pensão por morte e aposentadorias em Goiás e no Distrito Federal. Segundo a corporação, o esquema causou prejuízo de R$ 5 milhões aos Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

A Operação Oruza cumpre 11 mandados de prisão preventiva, 76 de condução coercitiva e 26 de busca e apreensão nas cidades goianas de Niquelândia, Padre Bernardo, Vila Propício, Porangatu, Trombas, Montividiu do Norte, Mutunópolis, Colinas do Sul e Formoso, além de Brasília.

Conforme divulgado pela Superintendência da PF em Goiás, as investigações começaram há dois anos, depois que foram identificadas concessões irregulares de benefícios rurais para o pagamento de pensão por morte. De acordo com a polícia, os valores eram recebidos de forma retroativa após a apresentação de declarações falsas emitidas por fazendeiros e sindicatos rurais.

O G1 entrou em contato, por email, com a assessoria de comunicação do INSS, e aguarda um posicionamento do órgão sobre o caso.

Alvos

A Operação Oruza investiga oito sindicatos, cinco advogados, três servidores do INSS, agenciadores, proprietários rurais e seus beneficiários e representantes legais. Segundo a Polícia Federal, uma advogada tentou impedir com que uma das beneficiárias do esquema não denunciasse a fraude, depois que ela descobriu que receberia um valor abaixo do que teria de ser pago.

De acordo com a PF, em dois dos casos investigados, a suposta mãe dos beneficiários menores de idade apresentou certidões de nascimento em que as crianças teriam sido geradas quando ela tinha entre 8 e 10 anos de idade e que o susposto segurado tinha morrido há 4 anos.

Todos são investigados pelos crimes de estelionato previdenciário, falsificação de documento público, fraude processual e organização criminosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA - NATURAL DE FÁTIMA DO SUL
Natural de Fátima do Sul, homem perde controle e morre após colidir moto em guard rail
CARAAPÓ - ACIDENTE COM VÍTIMA
Homem morre em acidente que teria provocado com caminhão em Caarapó
IVINHEMA
Polícia Federal apreende 11 carretas com cigarros contrabandeados do Paraguai
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher de 30 anos é violentamente agredida pelo ex-companheiro
ACIDENTE DE TRANSITO
Corpo de Bombeiros socorre motociclista vítima de acidente
MONSTRO
Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de 3 anos
CRIME ORGANIZADO
Grupo criminoso é desarticulado pelas polícias Civil e Militar de Ivinhema
ATENTADO PARANHOS
Polícia Civil já tem suspeito de atentado contra prefeito de Paranhos (video)
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carreta com gado tomba e motorista morre preso embaixo da cabine
ALTA VELOCIDADE
Casal morre e homem fica ferido em acidente com carro na contramão