Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
ABSOLVIÇÃO

PM do Choque que matou e prendeu assaltantes é absolvido em júri emocionante

Policial chorou ao ser elogiado por uma testemunha na sessão

8 Nov 2019 - 07h48Por Topmidia News

O policial militar do Batalhão de Choque, Kolber Lopes de Andrea, foi absolvido, na tarde desta quinta-feira (7), pelo Tribunal do Júri, em Campo Grande.

Ele respondia por um assassinato e duas tentativas de homicídio quando, em 2015, atirou e matou um assaltante que havia acabado de roubar e fugia no centro de Capital.

O advogado do PM, José Roberto Rosa, disse que o resultado, por 4 votos a zero, ''devolve para a Polícia Militar o sentimento de que fazer o certo vale a pena''.

Rosa avaliou que seu cliente, de 47 anos, é exemplar e nunca teve uma punição na carreira. Também que o PM prendeu os dois assaltantes, recuperou o carro e também a arma usada no assalto.

''Ah, os dois assaltantes que sobreviveram foram condenados'', acrescentou o defensor.

Questionado sobre o que levou o Ministério Público Estadual a processar seu cliente, Rosa disse que cada promotor de Justiça tem um entendimento, mas que seria uma injustiça para a sociedade condenar o réu.

O caso

A promotora Livia Carla Guadanhim Bariani entendeu que, como policial, Kolber poderia ter pedido reforço para prender os criminosos.

Assim que foi denunciado pelo MPE, o juiz responsável pelo processo, Carlos Alberto Garcete de Almeida, recusou a denúncia, entendendo que o policial agiu dentro da lei e conforme sua função de agente da segurança pública. Porém, a procuradoria de Justiça de MS recorreu ao Tribunal de Justiça, que determinou que esse caso fosse para júri popular.

Conforme a Denúncia do MPE, Kolber dirigia pela Ernesto Geisel quando viu criminosos abordarem um motorista e levar o carro dele, na rua dos Barbosas. O policial parou o carro e foi informado pela vítima que tratava-se de um assalto.

Na sequência, o PM passou a perseguir os três suspeitos e o carro passou a fazer manobras de zigue-zague. O policial emparelhou o veículo dele com o outro e deu voz de abordagem, que não foi obedecida. Então, sacou uma pistola .40 e atirou contra os criminosos, ferindo Brendon da Silva Machado e os outros dois criminosos.

O policial e populares acionaram o socorro, mas Brendon morreu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Jateiense com depressão comete suicídio por enforcamento
PROCURADO
Interpol emite alerta vermelho para prender ator acusado de estupro que fugiu para o Brasil
DOURADOS - SAINDO DE BAILÃO
Professora de 84 anos é presa em flagrante dirigindo bêbada após bailão em Dourados
CAMPO GRANDE - FATAL
Jovem morre ao cair de moto no rio Anhanduí em Campo Grande
EXECUÇÃO
Homem é executado em atentado com mais de 50 tiros de fuzil em MS
TRISTEZA
Após o trabalho jovem que morou em Vicentina vai nadar em lago e morre afogado
DOURADOS - POLÍCIA
Vereador é agredido e roubado quando ia para igreja em Dourados
EXECUÇÃO
Adolescente grávida tem residência invadida e executada com vários disparos
TRAGEDIA NA RODOVIA
Três pessoas morrem em grave acidente na BR-267 neste sábado
TRAGÉDIA EM MS
Tragédia, Criança de 1 ano cai em vasilha para alimentar porcos e morre afogada em MS