Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Investigação

Pistoleiros se passam por policiais e executam jovem que jogava vôlei

Crime aconteceu no final da tarde de ontem, em Ponta Porã

16 Fev 2017 - 10h40Por Correio do Estado

Cristian Ortis Sanches, de 22 anos, foi assassinado a tiros enquanto jogava vôlei. Assassinato aconteceu por volta das 18h30 de ontem, em um campo esportivo localizado na Rua Rosa Azul, Bairro Jardim das Rosas, em Ponta Porã.

De acordo com o site Porã News, Cristian praticava esporte quando aproximadamente nove homens encapuzados chegaram em dois veículos. Os pistoleiros anunciaram ser policiais e obrigaram os jovens que estavam no local a se deitarem no chão.

Depois de perguntar o nome dos rapazes, os marginais executaram a vítima com vários tiros de pistola calibre .380.

Equipe da Polícia Militar (PM) foi acionada para atender a ocorrência, mas não encontrou os pistoleiros. Já familiares de Cristian alegam que os autores se enganaram e executaram a pessoa errada. Caso será apurado por investigadores da Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Desaparecido
Garoto desaparece em área rural e polícia encontra pegadas de onça
Arrombamento
Ladrões arrombam janela e furtam agência dos Correios de Anaurilândia
Maniaco Sexual
Homem é preso por abusar sexualmente de menina que queria adotar
Brincadeira Fatal
Tragédia: bebê morre esmagado durante brincadeira com carro da família
CONTRABANDO
Homem é preso com 450 mil maços de cigarros e caminhão roubado
Execução
Homem tenta correr, mas é executado no meio da rua
Acerto de Contas
Homens falam que são policiais e matam jovem com 45 tiros
Caarapó
PM apreende caminhonete com 1,2 tonelada de maconha no interior de MS
Fátima do Sul
Viatura do Corpo de Bombeiros de Fátima do Sul se envolve em acidente em Ivinhema
Traumatismo Craniano
Uma moto é arrastada por outra cerca de 25 metros em acidente no centro de Nova Andradina