Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 19 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
deodápolis

Pai e filho contratados para fazer frete são amarrados por 'clientes' que roubam caminhão

Polícias Civil e Militar foram acionadas logo após o crime, mas nenhum dos bandidos foi encontrado

27 Set 2013 - 09h50Por Correio do Estado

Pai e filho foram sequestrados por bandidos que fugiram levando um caminhão-baú. O crime aconteceu ontem (26), na cidade de Deodápolis.

Segundo informações das vítimas, o pai recebeu o telefonema de uma pessoa desconhecida que contratou o serviço de mudança na Linha 9, que fica na área rural do município. Por volta das 7h, ele e seu filho foram até o local combinado, onde foram rendidos por três bandidos.

As vítimas reagiram ao assalto e lutaram com os criminosos, mas desistiram da reação no momento em que foram ameaçados de morte com uma arma de fogo. Eles então foram amarrados, enquanto os marginais fugiram com o veículo.

Os dois permaneceram amarrados por mais de 4h. Quando conseguiram soltar as amarras, eles pediram ajudam num sitio próximo.

As polícias Militar e civil foram acionadas, mas nenhum suspeito foi encontrado. O veículo também não foi recuperado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MISTÉRIO
Turistas são achadas decapitadas em montanha do Marrocos
GLÓRIA DE DOURADOS - DEU CASO DE POLÍCIA
Homem marca encontro com uma mulher e leva soco do ex-marido da mesma em Glória de Dourados
FÁTIMA DO SUL - INCÊNDIO
FÁTIMA DO SUL: Casa de madeira é engolida por incêndio, VEJA O VÍDEO
CIFRA NEGRA
Ex-servidor da Câmara assina delação e ganha liberdade
IVINHEMA
Veículo pega fogo no meio da Rua deixando danos materiais
NAVIRAI
Decapitado era acusado de assassinato
FATALIDADE
Corpo de bebê é encontrado em represa por dono de sítio em Assentamento de MS
DOURADOS - OPERAÇÃO CIFRA NEGRA
Justiça concede liberdade a vereadores presos em operação contra corrupção em Dourados
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem é morta por marido que comete suicídio logo em seguida na fronteira