Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
quarta, 20 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
risco na estrada

Mulher não diminui luz alta e é alvejada por motorista com o carro em movimento

10 Out 2013 - 10h31Por Campo Grande News

Ao levar um casal de amigos para casa, na noite de ontem (9), em Caracol, a 364 quilômetros da Capital, Stela Ortiz Oliveira, 28 anos, sofreu um atentado e só não foi atingida por um tiro porque estava com o carro em movimento.

Segundo a Polícia, por volta das 22h45, ela seguia com o marido em seu veículo Palio Weekend, na intenção de levar um casal de amigos para a sua residência.

No trajeto, na direção oposta, seguia com luz alta o condutor de um veículo Parati na rua Libindo Ferreira Leite. A vítima disse que deu um sinal de luz por duas vezes, pedindo ao autor para “abaixar” a luz, porém ele não o fez. Ao chegar perto, Stela diz que o homem a agrediu verbalmente, sendo que ela revidou continuando o seu caminho.

O autor do crime, que ela identificou como Izidro, sacou uma arma e atirou em sua direção, porém sem êxito. A vítima ressalta que ele reside na rua Mato Grosso esquina com a rua Vicente Celestino. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e está sendo investigado pela Polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CACHAÇA
Homem fica gravemente ferido após ser golpeado com garrafa durante briga em bar
RIO BRILHANTE
Mulher com criança no colo é suspeita de furtar celular de dona de loja. Vídeo
DESCUIDO
Homem cochila, bate em caminhão e mulher fica presa às ferragens
AQUIDAUANA
Adolescente é trancada dentro de casa após convite para tereré e estuprada por quatro homens
ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
ABSURDO
Pai esfaqueia filho por causa de R$ 10 no MS
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
METRALHADOS
Alvos de 50 tiros, um morre e um fica em estado grave na Fronteira
LAMA ASFÁLTICA - CONDENADO
Giroto é condenado a quase 10 anos de prisão em primeira sentença da Lama Asfáltica