Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
crueldade

Mulher mata seus dois bebês recém-nascidos para ir a clube de swing

28 Set 2013 - 10h33Por Mída Max

ma ninfomaníaca alemã está sendo acusada de matar seus dois filhos recém-nascidos para que pudesse ir a um clube de swing. Ela foi presa depois que os corpos dos bebês foram encontrados por seu pai.

Steffie Koppers, de 24 anos, se gabava no Facebook pelas visitas que fazia ao clube, chamado Swingerclub Kali. “Estamos em três simpáticas senhoras, mas queremos homens e não tem nenhum aqui”, dizia na rede social.

A polícia acredita que Koppers tenha engravidado dos filhos no próprio local. Ela morava em uma fazenda com seu pai.

Um dos filhos teria sido morto em novembro do ano passado, e já teria sido reduzido a um esqueleto ao ser encontrado. O outro estava embrulhado em uma folha.

O pai de Koppers telefonou para a polícia imediatamente após encontrar os cadáveres. Ele comentou que a filha admitiu o que aconteceu, mas não foi capaz de dizer o motivo para a ação. Mesmo assim, autoridades garantem que ela estava viciada em ir ao clube, e não queria que os bebês a incomodassem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRIGA EM BAR
Homem morre após ser esfaqueado em bar no Estrela Vera em Dourados
CARGA PESADA
Preso ao tentar carona é suspeito de abandonar carro com 1t de maconha
USUARIO DE DROGAS
Jovem admite ser usuário de crack após ser flagrado furtando comércio na área central
ROUBO DE GADO
Polícia Civil identifica e prende acusados de furto de gado na região de Nova Andradina
DESCASO
Após dias abandonado, cavalo morre em frente a pátio de Prefeitura em Batayporã
FÁTIMA DO SUL - CASO DE POLÍCIA
Homem é esfaqueado pela própria esposa em Fátima do Sul
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Padrasto acerta murro na boca de criança ao tentar agredir esposa
DEODÁPOLIS - CASO DE POLÍCIA
DEODÁPOLIS: PM fecha ponto de venda de drogas próximo ao antigo Parque de Exposições
Capital - OUSADIA
Idosa de 63 anos é amarrada enquanto bandidos "limpam" residência
ACERTO DE CONTAS
Grupo é preso em flagrante após amarrar, ameaçar com arma e fazer 'julgamento' com homem