Menu
PASSARELA
domingo, 27 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
TRÁFICO DE DROGAS

Motorista fura bloqueio policial e abandona caminhonete com droga e armamento militar

28 Nov 2016 - 16h40Por Campo Grande News

Motorista de caminhonete roubada desobedeceu ordem de parada da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e abandonou mais de meia tonelada de maconha, arma israelense UZI 9 mm e pistola Bersa. O fato ocorreu na manhã de hoje, por volta das 10h, na BR-060, em Guia Lopes da Laguna.

Após receber sinal de parada de policiais, o condutor da caminhonete S10 tentou fugir pela BR-267, sentido Maracaju, por pelo menos três quilômetros. O condutor abandonou o veículo e fugiu a pé por matagal às margens da rodovia.

Dentro do veículo os policiais encontraram 567 quilos de maconha distribuídos em centenas de tabletes, além de uma arma UZI 9mm semiautomática de fabricação israelense com dois carregadores, uma pistola Bersa semiautomática com dois carregadores e 50 munições calibre 9 mm.

Até o momento o condutor do veículo não foi encontrado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GLÓRIA DE DOURADOS - VÍDEO DE ASSASSINATO
IMAGENS FORTES: Câmera de segurança flagra momento em que rapaz é esfaqueado em Glória de Dourados
GLÓRIA DE DOURADOS - ASSASSINATO
Glória de Dourados: Com faca cravada nas costas, perícia constatou mais 5 perfurações pelo corpo
GLÓRIA DE DOURADOS - ACIDENTE NO CENTRO
Motociclista fica ferido após colidir em vidraça de loja em Glória de Dourados
PARANHOS
Indígena é executado a tiros em plena luz do dia e polícia investiga
GLÓRIA DE DOURADOS - MORTE A ESCLARECER
Homem é morto a 'facada' enquanto mexia em máquina de música em bar em Glória de Dourados
FACÇÃO CRIMINOSA
Corpo de homem desaparecido é encontrado degolado em milharal
PERDEU O CONTROLE DA DIREÇÃO
Carro pega fogo na avenida
CACHAÇA
Condutor embriagado é preso após causar acidente na BR-267 em Bataguassu
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível