Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
BARBÁRIE

Moça de 22 anos é agredida até a morte após se negar a fazer sexo

Um suspeito do crime foi flagrado andando ensanguentado pela região e foi preso.

16 Jul 2019 - 11h51Por RIC Mais

  Uma jovem foi agredida até a morte em Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite desta segunda-feira (15). Um suspeito do crime foi flagrado andando ensanguentado pela região e foi preso.
                               De acordo com a Polícia Militar (PM), eles receberam a informação de que um homem chegou na casa da ex-companheira ensanguentado, dizendo que havia matado uma mulher. Em seguida, os agentes localizaram o corpo de Daniela Ribas dos Santos, de 22 anos, nos fundos da Secretaria de Educação de Rio Branco do Sul.
                               Após ser preso, o suspeito mudou a versão do crime e afirmou que ajudou a desovar o corpo, mas negou ter matado a vítima. Ele apontou outro homem, que também foi preso, como autor das agressões. 
                               Para a família, Daniela dos Santos foi agredida até a morte porque se recusou a ter relações sexuais com o autor. Já a polícia acredita que o crime tenha relação com o tráfico de drogas. Além disso, um mandado de prisão estava em aberto contra Daniela. 
                               O corpo da jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Os dois homens permanecem presos na delegacia de Rio Branco do Sul. A jovem deixa dois filhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAIS UM ACIDENTE
Batida entre carretas deixa um morto e outro em estado grave na BR-163
MUNDO MEDONHO
Campanha pede a governo 82 mil bonecas infláveis para presos se “aliviarem”
INFANTICIDIO
Bebê morre após comer colher de sal dada pela mãe
MORTE ACIDENTAL
Policial civil aposentado de MS morre ao ser atropelado pela própria caminhonete
DESAPARECIDO - COMPARTILHE
Homem desaparece enquanto pescava em lagoa e família reclama de descaso em buscas
CONSTRUÇÃO CIVIL
Com foco no mercado profissional, capacitações na construção civil são oferecidas a detentos de MS
PANICO NA CAPITAL
Terceiro ataque com faca a mulheres espalha pânico entre moradores na capital
QUADRILHA
Filho de policial militar é chefe de quadrilha que fez crianças reféns
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
DOENÇA DO SÉCULO
Suspeitas que Homem encontrado morto em Nova Andradina tenha se suicidado