Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de fevereiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SANGUE FRIO

Marido que ficou em desespero ao saber da morte da esposa é preso e confessa o crime

A mulher assassinada foi encontrada por uma das filhas, a criança tem apenas 6 anos.

22 Jan 2020 - 15h46Por Goionews

 Está recolhido a disposição da justiça, na cadeia pública de Sarandi, o principal suspeito de ter matado a operadora de caixa e repositora Jaciara Kogler de Lima de 28 anos. O homem que foi preso por investigadores da Polícia Civil ontem a noite, na cidade de Nova Londrina, é o marido da vitima. Murilo Barbosa da Silva de 32 anos matou a mulher com aproximadamente 25 facadas pelo corpo. O crime que chocou a cidade de Sarandi, foi registrado sábado a noite, na residência do casal, no Jardim Bom Pastor.
                                A mulher assassinada foi encontrada por uma das filhas, a criança tem apenas 6 anos. No dia do crime o suspeito chegou a ser conduzido até a delegacia da cidade. Murilo foi interrogado pelo delegado Adriano Garcia, ele disse que estava trabalhando e não sabia de nada, na sequência foi liberado pela autoridade policial. Na segunda-feira o homem participou do velório e sepultamento da esposa, que aconteceu na região Noroeste do Estado.
                                Na casa da vítima, agentes da Polícia Civil encontraram e apreenderam um capacete na cor rosa. O acessório pertencia a mulher assassinada. Devido algumas contradições no depoimento do marido da vitima, os policiais traçaram a linha de investigação de um possível crime passional. O suspeito que trabalha em um supermercado de Maringá, foi flagrado por câmeras de segurança instaladas em seu ambiente de trabalho, pegando dois capacetes, um preto e o outro na cor rosa.
                                O flagrante foi registrado sábado no período da tarde, no horário de intervalo do marido de Jaciara. Uma outra câmera filmou o suspeito pegando a vítima defronte ao trabalho da mulher, na Avenida Colombo em Maringá. Na sequência o casal foi visto transitando em uma motoneta Honda Biz na cor prata, por algumas ruas e avenidas de Sarandi. Aproximadamente uma hora e meia depois, Murilo foi flagrado em seu local de trabalho, apenas com o capacete preto. Sábado a noite, durante depoimento, ele negou ter estado em Sarandi no período da tarde.
                                Diante dessas provas, o delegado que preside o inquérito representou pela prisão temporária do suspeito. Ontem logo após a prisão, o suspeito confessou o crime. A princípio o casal estava em processo de separação, e supostamente teria ocorrido uma infidelidade no relacionamento. A polícia continua apurando os fatos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

APLICATIVO
Justiça trabalhista admite como prova conversas por WhatsApp
ATENTADO A ESCLARECER
Deputado federal de MS diz que seu carro foi atingido por 5 tiros e que revidou
ATENTADO
Carro de deputado federal é atacado a tiros em Campo Grande e PF investiga
ASSASSINATO
Motorista de aplicativo mata vizinho por causa de som alto e foge em MS
FÁTIMA DO SUL - AÇÃO POLÍCIA MILITAR
Em fuga, PM prende homem com veículo que transportava 33 quilos de entorpecentes em Fátima do Sul
CORONAVIRUS
Chinesa sem máscara barrada em bloqueio contra coronavírus pula de ponte
OVERDOSE
Rapaz grita 'não quero morrer', quebra móveis e morre de overdose em Campo Grande
ACIDENTE DE TRANSITO
Quatro pessoas ficam feridas em acidente entre motos em MS
ABSURDO
Professora é envenenada em sala de aula por alunos do 4º ano
COMOÇÃO
Despedida de Júlia é um dos velórios mais tristes que Brasília já viu