Menu
SADER_FULL
segunda, 24 de fevereiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
DENUNCIA GRAVE

Mães denunciam abuso sexuais e agressões em creche

A professora que já foi afastada de suas funções é acusada de ter praticado abusos sexuais e agressões em alunos de três anos.

22 Ago 2019 - 12h46Por Plantão Maringá

 O Conselho Tutelar da Zona Norte de Maringá, recebeu uma denúncia feita por um grupo de mães, contra uma servidora pública (professora) do CMEI Maria Luiza Sandri Meneguetti, situada na zona 7. A professora que já foi afastada de suas funções é acusada de ter praticado abusos sexuais e agressões em alunos de três anos. Uma mãe relatou as autoridades, que seu filho chegou em casa com o pênis machucado. 
                                       O menino está em estado de choque e não quer voltar a creche. A princípio oito crianças teria sofrido agressões e abuso por parte desta professora que não teve sua identidade revelada, por conta da investigação estar em andamento. 
                                       Além do Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Educação o caso está sendo investigado e acompanhado de perto pela Dra° Karen Nascimento, delegada do Nucria (Núcleo de Proteção a Criança e ao adolescente), porém o trabalho investigativo corre sob sigilo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MARIA DA PENHA
Mulher é espancada pelo marido após sair para buscar galão de água e demorar para chegar
TRÁGICO ACIDENTE
Grave acidente entre caminhão e carreta deixa um morto em Nova Alvorada do Sul
FATALIDADE
Motorista morre após carro sair da pista e ficar submerso em rio
OUSADOS - POLÍCIA
Bandidos invadem condomínio, furtam cofre e deixam prejuízo R$ 500 mil
FÉ DE DENTRO DOS PRESÍDIOS
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios do MS
BARBÁRIE
Adolescente de 17 anos é morta a facadas e tem cabeça levada até casa da mãe
CAPOTAMENTO
Saindo de festa, jovem de 25 anos morre em acidente de carro em MS
ACIDENTE FATAL
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida em Dourados
HOMICIDIO
Homem pede cachorro-quente e depois executa rapper em lanchonete de Dourados
RELIGIÃO
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios do MS