Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
BRIGA NA ESCOLA

Mãe invade sala de aula em Campo Grande para bater em aluna

Gravação de 24 segundos mostra confusão dentro da escola José de Souza, conhecida como Zézão, no bairro Buriti

23 Jul 2019 - 08h17Por Campo Grande News

No primeiro dia de aula depois das férias de julho, confusão na sala de aula da escolamunicipal Professor José de Souza, no bairro Buriti, em Campo Grande virou caso de polícia e está exposta em vídeo. A mãe de um aluno, de 12 anos, foi ao local tirar satisfação com menina da mesma idade que ele, depois de rusga entre os dois.

Tudo aconteceu de manhã, mas agora à tarde é que o episódio está sendo registrado na Polícia Civil. Segundo as primeiras informações levantadas, duas delegacias estão envolvidas, a DEPCA (Delegacia de Proteção à Infância e Adolescência e a Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude).

Pelo que chegou até o Campo Grande News, a situação começou depois que o aluno incomodou a colega, dando chutes. Brava, ela torceu um dos dedos dele. Os dois foram levados na coordenação e os pais e mães foram chamados.

Foi depois disso que a mãe do adolescente invadiu a sala de aula e chegou a bater na menina. A menina foi para a DEPCA, que cuida de casos de agressões a crianças e adolescentes. Lá, foi registrado boletim de ocorrência contra a mulher, como informou a delegado Anne Karine Trevizan. O garoto e a mãe foram para a Deaij, responsável por inquéritos envolvendo infrações cometidas por menores de 18 anos, onde o registro foi contra a menina, a cargo da delegada Ariene Murad. Ambas as crianças vão passar por exame de corpo de delito.

Na polícia, os dois alunos contaram versões diferentes. O menino disse na Deaij que pisou no pé da colega, que ela se enfureceu e torceu o dedo médio da mão esquerda dele, chegando a fraturar. Na DPCA, onde estava acompanhada do pai, a menina disse que os dois estavam brincando e que ela apenas "torceu" o braço dele. 

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) informou que o diretor chamou os pais na hora para saber o que houve e a mãe se inteirou ficou nervosa, "fora de si". Imediatamente, foi chamada a Guarda Municipal e a Polícia Militar, que levou os envolvidos para a delegacia. O diretor acompanha o desenrolar na polícia.

escola tem mais de 2 mil alunos do ensino fundamental.

Veja o vídeo clickando no link: https://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/mae-invade-sala-de-aula-em-campo-grande-para-bater-em-aluna

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAIS UM ACIDENTE
Batida entre carretas deixa um morto e outro em estado grave na BR-163
MUNDO MEDONHO
Campanha pede a governo 82 mil bonecas infláveis para presos se “aliviarem”
INFANTICIDIO
Bebê morre após comer colher de sal dada pela mãe
MORTE ACIDENTAL
Policial civil aposentado de MS morre ao ser atropelado pela própria caminhonete
DESAPARECIDO - COMPARTILHE
Homem desaparece enquanto pescava em lagoa e família reclama de descaso em buscas
CONSTRUÇÃO CIVIL
Com foco no mercado profissional, capacitações na construção civil são oferecidas a detentos de MS
PANICO NA CAPITAL
Terceiro ataque com faca a mulheres espalha pânico entre moradores na capital
QUADRILHA
Filho de policial militar é chefe de quadrilha que fez crianças reféns
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
DOENÇA DO SÉCULO
Suspeitas que Homem encontrado morto em Nova Andradina tenha se suicidado