Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
ABORTO

Mãe dá chá para filha adolescente abortar e enterra bebê no quintal

Feto é levado por agente funerário

16 Mar 2017 - 11h00Por Correio do Estado

Uma adolescente de 17 anos, gestante de cinco meses, foi forçada pela mãe a tomar chá para abortar o bebê. Depois do procedimento, a mãe enterrou o feto no quintal dos fundos da casa onde moram, no Bairro Guanandi, em Campo Grande. O episódio ocorreu na tarde desta quarta-feira, dia 15 de março, por volta das 17 horas.

Conforme a Tenente Fabrícia, aparentemente, a menina ingeriu chá abortivo e foi ouvida pelo delegado encarregado do caso. "Fisicamente ela está bem, mas psicologicamente está bastante abalada. Ela confirmou que foi induzida pela mãe a tomar o chá", informou a militar.

Informações apuradas no local são de que a mãe da jovem não aceitava o namoro da filha com homem 10 anos mais velho, e que havia descoberto a gestação há pouco tempo. Ainda conforme relatado ao Portal Correio do Estado, a jovem sofria constantes ameaças de que, se ficasse grávida, teria que cometer o aborto.

Pessoa ligada à família relatou que, um dos motivos alegados para a não aceitação do namoro do casal, seria a condição financeiras do rapaz. O caso foi registrado na 5ª Delegacia de Polícia Civil.

Quem acionou o socorro foi a avó paterna do bebê. Escondida da mãe, a adolescente telefonou para a mãe do namorado e contou o que tinha acontecido.

A perícia também realizou levantamentos no local para embasar a investigação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante
GREVE CONTINUAM
Caminhoneiros desmentem acordo com Governo e mantêm paralisação na Capital
CRUELDADE
Pastor abusou, agrediu e matou filho e enteado carbonizados
DO CONTRA
Homem enfrenta caminhoneiros com motosserra em rodovia; veja o vídeo
NA RODOVIA
Carro furtado é encontrado sem as rodas e incendiado
FÁTIMA DO SUL - PREÇOS ABUSIVOS
Após preços da gasolina, consumidor pode acionar Procon e Ministério Público em Fátima do Sul
BLOQUEIO CAMINHONEIROS
Pelo menos 300 caminhões estão parados em pontos de bloqueio em Dourados
AGIO NO PETROLEO
Cinco postos de Dourados são autuados por venderem gasolina com preço abusivo
GREVE CAMINHONEIROS
Posto do Pina que cobrou R$ 8,99 pelo litro da gasolina é interditado