Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
MUNDO MEDONHO

Homem tem faca cravada na cabeça e continua brigando por vaga em estacionamento

A barra entrou pelo canto do olho esquerdo, atravessou a parte superior da cavidade nasal e parou logo abaixo do olho direito.

16 Jul 2019 - 12h00Por Extra

 A disputa por uma vaga no estacionamento em centro comercial em bairro pobre de Veracruz (México) terminou com um homem ferido gravemente. Domingo Alejandro Muñoz Figueroa foi duramente golpeado no olho com uma faca. A arma acabou cravada na cabeça da vítima. O agressor, Armando Barragán Mora, foi preso no local. O incidente ocorreu na semana passada.

A barra entrou pelo canto do olho esquerdo, atravessou a parte superior da cavidade nasal e parou logo abaixo do olho direito. Mesmo ferido, Domingo continuou de pé, brigando com Armando até a chegada da polícia.
O ferido foi levado a um hospital próximo e operado de emergência. Ele perdeu uma das vistas. A condição é estável, e agora o desafio dos médicos é salvar a outra vista.
A família emitiu uma nota exigindo justiça após circular na imprensa mexicana a informação de que o agressor seria apadrinhado de um político local e que, por isso, receberia vantagens no processo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANICO NA CAPITAL
Terceiro ataque com faca a mulheres espalha pânico entre moradores na capital
QUADRILHA
Filho de policial militar é chefe de quadrilha que fez crianças reféns
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
DOENÇA DO SÉCULO
Suspeitas que Homem encontrado morto em Nova Andradina tenha se suicidado
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade
PÂNICO NO ÔNIBUS
Atirador de Elite mata homem que fez reféns em ônibus
TRAFICO DE DROGAS
Raio-x revela 50 cápsulas de cocaína no estômago de mulher de Corumbá à Itália
PROCURADO
Polícia procura filho de vereador que atirou em policial em MS
SAIU PARA CATAR LENHA
Ossada é de homem desaparecido há quase um ano, confirmam familiares em MS
SOB INVESTIGAÇÃO
Adolescente de 13 anos é suspeito de abusar de criança de 6 em casa de apoio