Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
campo grande

Homem sequestra mulher em casa, tortura e abusa de enteada de 2 anos

Um homem de 21 anos foi preso no Jardim Bálsamo, em Campo Grande

30 Out 2013 - 07h00Por Campo Grande News

Um homem de 21 anos foi preso, no domingo (27) no Jardim Bálsamo, em Campo Grande, suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 2 anos e 4 meses e por manter a mãe da criança em cárcere privado e torturá-la, na tentativa de impedir que a mulher o denunciasse à Polícia.

Conforme as investigações, conduzidas pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), a mãe da criança, de 19 anos, foi morar com o rapaz na terça-feira (22). No dia seguinte, ela e a filha passaram a ser agredidas e o então namorado a impedia de sair de casa para evitar que o crime fosse denunciado.

Na sexta-feira, a jovem conseguiu levar a filha para a casa da mãe que, ao notar os hematomas espalhados pelo corpo da neta, registrou boletim de ocorrência. Foi quando a Depca entrou no caso e, já no sábado, o delegado Paulo Sérgio Lauretto solicitou exame de corpo de delito para constatar se a menina havia sido abusada sexualmente.

“A menina estava visivelmente machucada, com lesões nos braços, pernas e até na testa. Ao ver a neta naquela situação, a avó a levou para um posto de saúde e foi orientada para registrar imediatamente um boletim de ocorrência”, explica o delegado da Dpca, Paulo Sérgio Lauretto.

No domingo, a jovem conseguiu enviar uma mensagem por celular para um amigo, em que relatava a violência do companheiro e que estava impedida de sair de casa. O amigo acionou a Polícia, que foi até a casa no Jardim Bálsamo. "Em depoimento, ela explicou que não teve coragem de contar à mãe o problema que enfrentava na casa do namorado, por causa das ameaças dele, e afirmou que ele abusou da criança", acrescenta o delegado.  

O jovem está preso na Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) e será indiciado por cárcere privado. A prisão preventiva por estupro de vulnerável também foi solicitada pelo delegado Lauretto. O crime só poderá ser confirmado após a conclusão do laudo pericial, que tem prazo para ser concluído em dez dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Encontrado corpo de criança que desapareceu no Rio Miranda
CORRUPÇÃO
Farra do Bolsa Família tem servidores e dono de “frota”
ACIDENTE DE TRANSITO
Condutor de Biz bate em carro e fica ferido no centro de Nova Andradina
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
DEODÁPOLIS - JÁ VEM DE BERÇO
Criança de sete anos escolhe 'FORÇA TÁTICA' como tema de aniversário em Deodapolis
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BRIGA DE FAMILIA
Marido atinge mulher com vários tiros em Dourados
ACIDENTE GRAVE
Atropelamento deixa três pessoas feridas, na Capital; uma delas em estado grave
FATALIDADE
Banhista de 18 anos tenta salvar criança e morre afogado em rio em Guia Lopes da Laguna