Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 19 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
AMEAÇAS DE MORTE

Homem descumpre medida protetiva e diz que vai matar a ex ‘quando estiver bem louco’

A vítima já tinha procurado a delegacia no dia 23 de novembro pelo fato do autor ter descumprido medidas protetivas.

6 Dez 2019 - 08h26Por Midiamax

Uma mulher de 27 anos procurou a Delegacia de Polícia de Iguatemi, cidade distante a 472 quilômetros de Campo Grande, após ser ameaçada pelo ex-companheiro, com quem manteve relacionamento por três meses.

Conforme boletim de ocorrência, a mulher de 27 anos foi até a delegacia na manhã dessa quarta-feira (4), após ter sua casa invadida pelo ex. Ela já tem medida protetivas de urgência contra o autor de 22 anos.

Ainda conforme o registro policial, ele foi até a casa da mulher, entrou no local sem permissão e a ameaçou dizendo: "Vim só olhar tua cara. Quando eu estiver bem louco, vou vir aqui e te matar e quando a polícia chegar, vou estar bem longe daqui", além de xingamentos que proferiu contra a vítima.

A vítima já tinha procurado a delegacia no dia 23 de novembro pelo fato do autor ter descumprido medidas protetivas. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Iguatemi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Homem é morto no meio da rua e durante o dia com tiros de 9mm em Campo Grande
FEMINICIDIO
Florista baleada pelo ex-namorado não resiste aos ferimentos e morre na Santa Casa
CAMPO GRANDE - POLÍCIA
Homem dá tiros na ex-namorada e se mata em uma das regiões mais nobres de Campo Grande
TRÁFICO EM MS
Polícia apreende maconha e haxixe em fundo falso de motocicleta em MS
DETRAN - MS - LEILÃO
Detran-MS inicia primeiro leilão de veículos para circulação deste ano
ESTRUPO A MENORES
'Monstro' que estuprava e filmava filha de 7 anos ainda era casado com enteada
MONSTRUOSIDADE
Menino de 3 anos é torturado com fio de celular pelo padrasto por quase 24h após fazer xixi na cama
MAL SUBITO
Em surto, mulher sai de motel e morre debaixo de caminhão na Capital
SEGURANÇA
Mato Grosso do Sul supera em 10 vezes média nacional de resolução de homicídios
CONFLITOS DE ÍNDIOS E PRODUTORES
Fazendeiro pagará R$ 150 mil por jogar agrotóxico em comunidade indígena de Caarapó