Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 25 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
DESAPARECIDO - COMPARTILHE

Homem desaparece enquanto pescava em lagoa e família reclama de descaso em buscas

Celso está desaparecido desde 13 de agosto; polícia nega descaso e alega que está fazendo as buscas

21 Ago 2019 - 06h43Por Topmidia News

A cuidadora de idosos Maria Elaina Domingos, 30 anos, pede ajuda da população para encontrar o irmão, Celso Aparecido Domingos, 40 anos, que exerce a função de pedreiro. Ela afirma que ele foi visto pela última vez na beira de uma lagoa em Dois Irmãos de Buriti.

“Ele foi para essa fazenda, onde meu irmão mais velho trabalha. Lá, ele falou que queria comer um peixe, pegou as coisas e foi para a beira da lagoa pescar. Isso aconteceu no dia 13 de agosto, ele ficou na lagoa e meu irmão voltou para a fazenda. Quando foi umas 15 horas, meu irmão retornou até a lagoa e não encontrou o Celso”, relembra Elaine.

A irmã afirma que, no local, foram encontrados apenas os pertences de Celso. “Ficou só o chinelo dele, a mochila, a vara de pesca, as iscas, tudo lá. Meu irmão andou em volta da lagoa, mas não tem rastro nenhum de nada. Ele sumiu. Estamos muito preocupados com a situação, precisamos encontrar meu irmão”.

Segundo Maria, a família registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil da região. “Registramos, mas eles falam que não podem fazer nada, apenas registrar o boletim. Minha irmã foi em Sidrolândia, conversou com o Corpo de Bombeiros e eles mandaram uma equipe lá. Como eles não estavam com as vestimentas adequadas para entrar na lagoa, eles não conseguiram verificar, mas constataram que a lagoa é rasa. Conversamos também com a Polícia Militar Ambiental, eles disseram que se fosse uma sucuri que tivesse engolido meu irmão, ela estaria perto porque não conseguiria deixar o local antes da digestão. Se fosse onça, teria rastros na região, marcas de sangue. Dividimos a família em três equipes e não encontramos nenhum sinal”.

Sobre o estado emocional de Celso nos últimos dias, a irmã afirma que ele estava alegre, apesar de ter encarado uma recente separação da esposa. “Tinha seis meses que ele estava morando lá, ficou quatro meses com uma mulher, mas tinham se separado. Mas meu irmão mais velho falou que ele estava normal, alegre, fez uma horta para meu irmão na fazenda, estava normal”.

Polícia Civil

TopMídiaNews entrou em contato com a delegacia da região, que informou que desconhece as reclamações dos familiares e alega que uma equipe se dedica ao caso, realizando buscas ao redor da fazenda. Sobre pistas do paradeiro de Celso, a investigadora, que prefere não se identificar, afirma que uma equipe está nas ruas à procura de informações e ainda não retornou ao local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IRRESPONSABILIDADE
“Acostumada” nessa rotina, mãe deixa filha de 6 cuidando irmãos de 4 e 2 anos em MS
CORRUPÇÃO
Ministério Público quer lei para acabar com 'farra das diárias' em Caarapó
AFOGAMENTO
Bombeiros localizam corpo de jovem que havia desaparecido em rio de MS
ACIDENTE DE TRANSITO
Tristeza e comoção: amigos se despedem de jovem morto em acidente na Júlio de Castilho
LUTO NO MS
Governo de MS decreta luto de três dias por conta da morte de ex-prefeito, Conheça sua trajetória
ALCOOL X DROGAS
Cerca de 35 crianças e jovens passaram mal por abuso de álcool e drogas no carnaval
NÃO RESISTIU
Ex-prefeito de Amambai e secretário especial da Casa Civil não resiste e morre no Hospital
FEMINICÍDIO
Mulher é assassinada pelo namorado com mais de 20 facadas na frente da filha em MS
ATENTADO
Ex-prefeito e secretário especial da Casa Civil sofre atentado em fazenda
AMOR DE GENRO
Motorista é flagrado levando a sogra no porta-malas