Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
DOURADOS

Exército recolhe arsenal de 500 armas brancas na Máxima de Dourados

Dez aparelhos celulares apreendidos passarão por perícia

18 Mai 2017 - 09h25Por MÍDIA MAX

Encerrou por volta das 16h30, desta quarta-feira (17), a varredura na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) realizada por militares do Exército e agentes penitenciários. Após mais de 10 horas de ‘pente-fino’, um arsenal de quase 500 armas artesanais foram apreendidas.

Dez aparelhos celulares com chip foram apreendidos e passarão pela perícia da Polícia Civil. A operação conjunta da Polícia Militar, Exército Brasileiro e Batalhão de Choque teve início um pouco antes do início da manhã e contou com 600 homens.

O estabelecimento penal com vaga para 700 presos abriga mais de 2 mil detentos. Está é a segunda fase da operação em vistorias aos presídios do Estado. A primeira foi realizada no Presídio de Segurança Máxima da Capital.

De acordo com o Coronel Figueiredo, a operação não tem relação com a paralisação dos agentes penitenciários, que acontece nos dias 19 e 20 de maio, neste fim de semana.

Paralisação agentes

Neste fim de semana, nos dias 19 e 20 de maio, os agentes penitenciários irão paralisar as atividades por 48 horas cancelando as visitas, banhos de sol, atendimentos de advogados. A paralisação que é nacional é contra a reforma da previdência e pelo não reconhecimento da atividade de agente penitenciário com grau de periculosidade.

No Estado são aproximadamente 16 mil detentos, sendo 2.400 no Presídio de Segurança Máxima da Capital, e de acordo com Santiago apenas dez agentes penitenciários de plantão no estabelecimento penal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Perseguição
Policiais prende homem por porte de munições após fuga em Glória de Dourados
Por acaso
Homem vai a audiência e Juiz dá voz de prisão porque era foragido da justiça
Cochilou
Motorista teria cochilado antes de perder controle da direção e capotar pick-up na MS-276
Valentão
Em Batayporã, jovem de 20 anos é preso por agredir a própria irmã
Fátima do Sul - Crime Ambiental
Energisa é denunciada cometendo crime ambiental em Fátima do Sul
Psicopata
Água fervendo e marteladas: o homem abusado pela parceira, que foi condenada a 7 anos de prisão
Amandina
Fatimassulense é preso com carro “preparado” com 32 quilos de pasta base de cocaína
Em cima da hora
Policiais impedem estupro de garota, veja o vídeo
Douradina
Marido bêbado agride mulher com socos e filho amarra pai para defender mãe
Tragédia
Tiroteio em saída de festa deixa mortos e feridos