Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de outubro de 2019
CÂMARA BONITO OUTUBRO 2019
Busca
CANTINA BAH
CRIME PASSIONAL

Esposa traída denunciou suposto caso que terminou em duplo homicídio

O policial militar ambiental continua foragido. A Polícia Civil já solicitou à Justiça a prisão temporária dele de 30 dias

7 Out 2019 - 14h15Por Campo Grande News

Foi a mulher do corretor de imóveis Fernando Enrique Freitas, 31 anos, que mandou prints de mensagens e ligou para o policial militar ambiental Lúcio Roberto Queiroz Silva, 36 anos, contando sobre um possível relacionamento extraconjugal entre o marido dela, Fernando e Regianni Araújo, 32 anos, esposa de Lúcio. A “denúncia” terminou em duplo homicídio, na noite de sábado (4), em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande.

Fernando e Regianni foram mortos a tiros pelo policial, que continua foragido. A Polícia Civil já solicitou à Justiça a prisão temporária dele. Lúcio é lotado em Aparecida do Taboado. Testemunhas relataram à polícia que, Lúcio, Regianni e o filho do casal de 8 anos participavam de uma confraternização na casa dos pais do policial, na Rua Barão do Rio Branco, quando o militar recebeu mensagens e uma ligação telefônica da mulher de Fernando relatando uma possível traição entre os dois.

Na mesma hora, Lúcio questionou a esposa sobre o assunto. Ela negou. Mesmo assim, o policial foi até a casa onde Fernando estava, na Rua Osvaldo Silva Brandão, para tirar satisfação. Com a arma em punho, Lúcio desceu do carro e se deparou com a mulher de Fernando e a mãe dela com uma criança de 1 ano no portão. Ele perguntou onde estava a vítima. Elas, então, perceberam a intenção dele e tentaram impedi-lo de entrar.

Polícia faz buscas pelo policial que matou a mulher e o suposto amante dela (Foto: reprodução/Facebook) Polícia faz buscas pelo policial que matou a mulher e o suposto amante dela (Foto: reprodução/Facebook)
Fernando, suposto amante, foi surpreendido e morto dentro de casa (Foto: reprodução/Facebook) Fernando, suposto amante, foi surpreendido e morto dentro de casa (Foto: reprodução/Facebook)
Porém, o militar invadiu o imóvel e foi até a sala onde encontrou Fernando dormindo no sofá. Chutando a vítima, Lúcio dizia: “Você está conversando com a minha mulher”? Nervoso, mandou que a vítima entregasse o celular desbloqueado para verificar o conteúdo das mensagens trocadas pelos dois. Fernando, então, se levantou e antes de entregar o aparelho foi atingido a tiros. A vítima ainda tentou fugir para um dos quartos, mas mesmo assim foi morta. Depois disso, Lúcio chegou a ligar para amigos dizendo que mataria a esposa. Fernando deixou uma filha de pouco mais de 1 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
Idoso de 80 anos morre carbonizado em incêndio de barraco em MS
NÃO RESISTIU
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus em Dourados
ESPORTE
Agüero sofre acidente com carro de R$ 428 mil a caminho do treino do Manchester City
ESCRAVIDÃO
13 pessoas são resgatadas de trabalho escravo em fazendas de MS
EM CIDADE DO MS
Adolescente grita por socorro e homem é preso por tentativa de estupro em cidade do MS
ASSASSINATO
Motorista de aplicativo é morto com 15 tiros na fronteira
CASO DE POLICIA
'Disseram que eu não era homem', alega acusado de assassinar três trabalhadores
LATROCINIO
Pastor é baleado e morre em assalto; um suspeito foi preso e outro fugiu
CONTRABANDO
PRF apreende em MS 600 relógios e 120 maquinas de cartão de crédito de origem estrangeira
TRAGÉDIA COM 6 MORTES
Acidente em Doutor Ulysses: vítima gravou áudio minutos após tragédia