Menu
PASSARELA
sexta, 25 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
CASO DE POLÍCIA

Enfurecido por causa de celular, aluno ataca diretora a facadas

25 Mai 2017 - 20h08Por UOL COM GAZETA DO DIA

Um aluno de 15 anos foi detido depois de atacar a facadas a diretora de uma escola municipal, na cidade de Pouso Alegre, em Minas Gerais.

Segundo a delegada Lucila Vasconcelos, que atendeu a ocorrência, a vítima de 54 anos que não teve o nome divulgado foi atingida ao intervir na briga do jovem com um professor.

“Ela foi empurrada na escada e caiu. Ao se virar, ele foi com a faca contra o seu peito. Ela usou as mãos para se defender, e outras pessoas conseguiram contê-lo”, explicou a delegada ao UOL.

A razão de toda violência segundo a delegada, seria um telefone celular – o professor apreendeu o aparelho do jovem no dia anterior e entregou à diretora.

Denúncias feitas por frequentadores da escola apontam que o adolescente é usuário de drogas e poderia estar envolvido com tráfico.

Ainda segundo o UOL, o adolescente está detido desde a última quarta-feira e os pais foram intimados para prestar depoimento.

A diretora da escola municipal sofreu apenas ferimentos leves na mão após o ataque e passa bem. O celular que gerou a fúria do estudante foi apreendido pelas autoridades de segurança e será periciado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante
GREVE CONTINUAM
Caminhoneiros desmentem acordo com Governo e mantêm paralisação na Capital
CRUELDADE
Pastor abusou, agrediu e matou filho e enteado carbonizados
DO CONTRA
Homem enfrenta caminhoneiros com motosserra em rodovia; veja o vídeo
NA RODOVIA
Carro furtado é encontrado sem as rodas e incendiado
FÁTIMA DO SUL - PREÇOS ABUSIVOS
Após preços da gasolina, consumidor pode acionar Procon e Ministério Público em Fátima do Sul
BLOQUEIO CAMINHONEIROS
Pelo menos 300 caminhões estão parados em pontos de bloqueio em Dourados
AGIO NO PETROLEO
Cinco postos de Dourados são autuados por venderem gasolina com preço abusivo
GREVE CAMINHONEIROS
Posto do Pina que cobrou R$ 8,99 pelo litro da gasolina é interditado