Menu
SADER_FULL
quinta, 12 de dezembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
DESCARGA ELÉTRICA

Energisa responsabiliza chuva por morte de trabalhador em Campo Grande

Edilson faleceu simplesmente por colocar o braço para fora do carro

19 Nov 2019 - 10h20Por Topmidia News

A Energisa, concessionária responsável pelo fornecimento de energia em Mato Grosso do Sul, tenta se eximir da responsabilidade pela morte do distribuidor de carvão Edilson Cabral Pereira, 47 anos. Na quinta-feira (14), há quatro dias, o trabalhador faleceu próximo da casa onde residia com a família, no bairro Pioneiros, em Campo Grande.

O óbito ocorreu após Edilson sofrer uma descarga elétrica de mais de 9 mil volts na Rua Ana Luiza de Souza, enquanto descarregava o material de trabalho em um açougue.

Conforme o Corpo de Bombeiros, dois fios de alta tensão se romperam e caíram sobre o caminhão, no momento em que o trabalhador tentava abrir as portas. De acordo com a Energisa, os três fios de alta tensão tem em média 13.800 volts, como dois atingiram a vítima, a estimativa é que o choque tenha sido de 9 mil volts.

Os fios são de responsabilidade da concessionária, que colocou a culpa na chuva. 'A Energisa informa que o acidente ocorrido na manhã dessa quarta-feira (14) e que vitimou uma pessoa que trabalhava em uma rua do bairro Pioneiros, em Campo Grande, foi causada por uma descarga atmosférica derivada da forte chuva na região'.

Em curta nota à imprensa, no dia da morte, a Energisa apenas afirmou que não houve trabalho na rede de média tensão nos últimos dias, justamente a que se rompeu. Também afirmou que ‘orienta que em casos de rompimento de cabos eventualmente ocorridos em acidentes de trânsito e em períodos de clima adverso, é importante não sair do veículo’. 

Nenhuma outra informação foi prestada pela Energisa, hoje alvo de duas investigações políticas, uma na Câmara Municipal e outra na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - ALERTA
Pedófilos se passam cantora e ameaçam crianças que mandam até nudes, caso aconteceu em Fátima do Sul
ALERTA NAS ESTRADAS
Justiça determina que PRF volte a usar radares móveis em rodovias
COVARDIA
Criança de 3 anos é brutalmente espancada por desconhecido em Campo Grande
CONSUMIDOR LESADO
VÍDEO: cliente denuncia bomba rodando sem sair diesel em posto de Campo Grande
REVOLTANTE
Suspeito de estuprar filha pelo menos 7 vezes é preso em Ribas do Rio Pardo
INCENDIO CRIMINOSO
Moça morre após ter corpo queimado em incêndio provocado por criminosos
AFOGAMENTO
Pescadores encontram corpo de adolescente de Amambai-MS que havia afogado no Paraná
TRABALHO ESCRAVO
Dezessete trabalhadores são resgatados em situação análoga a escravidão em MS
DOENÇA DO SÉCULO
Advogado avisa ex esposa em Culturama, comete suicídio e choca população de Deodápolis
EXECUÇÃO
Homem com várias passagens pela polícia é executado com cinco tiros