Menu
SADER_FULL
segunda, 24 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
DOURADOS

No velório, indígena que estaria morta liga para família e revela engano na identificação de corpo

Uma mulher dada como morta ligou para a família na hora do velório e revelou engano na identificação de corpo da defunta.

29 Jan 2019 - 08h16Por Dourados News

Um caso inusitado chamou a atenção do setor policial em Dourados nesta semana. Uma mulher dada como morta ligou para a família na hora do velório e revelou engano na identificação de corpo da defunta.

Segundo apurado pelo Dourados News, no dia 19, às 22h, uma mulher foi encontrada ferida com sinais de espancamento na Rua Coronel Ponciano, próximo à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Dourados. 

Ela foi levada ao pronto-socorro e por conta da gravidade dos ferimentos, precisou ser transferida ao Hospital da Vida. Mesmo com todo atendimento médico, no dia seguinte ela acabou morrendo e levada ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Dourados. A vítima não possuía identificação.

No mesmo período, uma família na Aldeia Bororó buscava informações sobre uma parente desaparecida. A irmã da mulher então foi ao instituto e teria reconhecido o corpo como o de Rosicleia da Silva Liandres. 

Assim, foi dado processo para liberação do corpo a fim de realizar o velório, que durou de sábado até ontem (28), pois alguns familiares ainda não haviam chegado a Dourados. 

O surpreendente é que, enquanto a mulher era velada na segunda-feira, a Rosicleia telefonou para a irmã informando que estaria em uma fazenda e que por problemas no local, havia tido que atrasar o retorno para casa. 

A irmã ainda revelou que a indígena estaria sendo velada, mas Rosicléia deixou claro que estaria viva e que teria ocorrido um engano na identificação do corpo. 

Encerrado o velório, o corpo da mulher retornou ao Imol e após exames periciais acabou então identificada como Cristina de Oliveira, 48, também moradora na reserva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAARAPÓ - INCÊNDIO
Incêndio em grandes proporções mobiliza comunidade de Caarapó
DESEQUILIBRIO ECOLÓGICO
Frequentadores do Parque das Nações denunciam infestação de carrapatos
INFANTICIDIO
Mãe de garotinha morta em Arapongas apanha na cadeia e confirma abusos e agressões – OUÇA ÁUDIO
MORTE ABSURDA
Mulher é morta a tiros após briga por levar bolo e não salgado a festa
AFOGAMENTO
Criança de 8 anos morre afogada ao cair em represa de pesqueiro
100 PACIÊNCIA
Nervoso com espera, homem derruba porta de UPA e vai parar em delegacia
BRIGA DE FAMILIA
Baleado pelo pai, jovem foge da Santa Casa com bala alojada no peito
CENA DE HORROR
Baleado, jovem implora de joelhos para sogro não ser executado por motoqueiro
FATALIDADE
Motorista morre após bater veículo em árvore ao tenta desviar de anta
PONTA PORÃ - EXECUÇÃO
Corpo de homem é encontrado em terreno baldio com pelo menos 6 facadas