Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 16 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
dourados

Dupla invade casa e faz refém família em Dourados

15 Out 2013 - 07h16Por Dourados Agora

Dois homens pularam o muro de uma casa localizada na Rua Odaliria Olegário, no bairro Monte Carlo, e renderam três pessoas que moram no local.

Um dos homens entrou primeiro na casa, e rendeu uma mulher de 35 anos, que estava na companhia da filha e da sobrinha. Ele queria dinheiro, mas como a mulher não tinha, o bandido pediu celulares e começou a pegar vários objetos de valor.

O segundo assaltante, que estava do lado de fora, entrou, para ajudar o primeiro a recolher os objetos. A dupla trancou as vítimas no banheiro da residência e fugiu levando o carro da família, um Vectra de cor azul com placas HRF-2119, de Dourados.

Além do veículo, a dupla levou ainda um televisor, um aparelho de blu-ray, e uma antena parabólica. Depois que os dois homens foram embora, as vítimas conseguiram abrir a porta do banheiro e pediram ajuda a vizinhos. O caso ocorrido na véspera do feriado, na quinta-feira, foi registrado no primeiro Distrito Policial e está sendo investigado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motorista de ônibus morre na hora em acidente em trecho com obras
MS EM DESTAQUE
Polícia Civil de Mato Grosso do Sul é a que mais elucida crimes de homicídios no País, cita Revista
VANDALISMO
Arrombamento e furto fecha posto de saúde em Rio Brilhante
ESTUPRO VULNERÁVEL
Menina de 5 anos é estuprada em igreja evangélica enquanto mãe participava de culto
ACIDENTE FATAL
Motorista morre ao ser arremessado para fora de carro em capotagem
INCENDIO
Após ser ameaçada por marido, mulher pede ajuda a mãe e casa acaba incendiada na Nhanhá
DROGAS
Sargento é preso com maconha escondida em armário no Batalhão da PM
TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
DOURADOS
Justiça determina que ex-secretário volte para a prisão