Menu
PASSARELA
sábado, 26 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
JUSTIÇA

Depois de 6 anos, idoso que mandou matar ex a pauladas será julgado

16 Mar 2017 - 14h50Por Mídia Max

Será julgado no próximo dia 10, na 2ª Vara do Tribunal do Juri, Antônio Gregório de Lima, 61 anos, acusado de mandar matar a ex-companheira, Lyz Naira Vogado Franco, em julho de 2011, em Campo Grande. De acordo com a Sentença de Pronúncia, Lima mandou que um adolescente de 16 anos, que responde por ato infracional análogo a homicídio doloso, matasse Lyz Naira a pauladas.

“Descreve que o acusado Antônio hospedou a vítima em uma quitinete de sua propriedade, pois com ela mantinha relacionamento amoroso, porém, devido a desentendimentos decorrentes de ciúmes, mandou que a vítima de lá se retirasse, oportunidade que teria determinado ao adolescente para matá-la”, diz a peça anexada ao processo.

De acordo com informações divulgadas na época do crime, a jovem, então com 27 anos, dormia com o filho, um bebê de oito meses, quando foi assassinada. O adolescente teria cometido o crime esperando recompensa financeira do idoso.

Em 2012, a mãe de Lyz pedia que o julgamento fosse realizado o mais rápido possível, porém, o acusado será julgado somente agora, após seis anos do crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GLÓRIA DE DOURADOS - ASSASSINATO
Glória de Dourados: Com faca cravada nas costas, perícia constatou mais 5 perfurações pelo corpo
GLÓRIA DE DOURADOS - ACIDENTE NO CENTRO
Motociclista fica ferido após colidir em vidraça de loja em Glória de Dourados
PARANHOS
Indígena é executado a tiros em plena luz do dia e polícia investiga
GLÓRIA DE DOURADOS - MORTE A ESCLARECER
Homem é morto a 'facada' enquanto mexia em máquina de música em bar em Glória de Dourados
FACÇÃO CRIMINOSA
Corpo de homem desaparecido é encontrado degolado em milharal
PERDEU O CONTROLE DA DIREÇÃO
Carro pega fogo na avenida
CACHAÇA
Condutor embriagado é preso após causar acidente na BR-267 em Bataguassu
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante