Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
CRUELDADE

Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime

O Padrasto tinha ido na delegacia com a mãe da menina dar queixa do seu desaparecimento

22 Jul 2019 - 12h51Por Bonde

Uma menina de 9 anos foi encontrada morta em um fundo de vale no Jardim Abussafe, zona leste de Londrina, na manhã deste domingo (21). A criança estava desaparecida desde a manhã de sábado (20) no Conjunto Alexandre Urbanas, conforme boletim de ocorrência e divulgação da família nas redes sociais. De acordo com a PM (Polícia Militar), o padrasto da menina teria confessado a autoria do crime e foi preso. 

Segundo o boletim de ocorrência registrado no sábado, a mãe da menina teria saído de casa pela manhã e deixado a filha com o padrasto, que a levou para a casa de um tio. Ao voltar para a residência, por volta das 10h, conforme o boletim, o padrasto teria ido tomar banho e deixado a menina na sala vendo televisão. Em seguida, o padrasto relatou que quando saiu do banho a menina não estava mais lá. Para a polícia, o padrasto disse ainda que recebeu a informação de que foi ouvido um grito de socorro vindo de dentro de um veículo preto.

De acordo com a perita Larissa Richter, do Instituto de Criminalística de Londrina, a menina foi encontrada em uma região de vegetação fechada e estava vestindo apenas uma blusinha. "Foram encontradas lesões na região do pescoço e há suspeita de abuso sexual. Mas o exame para comprovar ou não o abuso será realizado no IML (Instituto Médico-Legal), pois não conseguimos afirmar apenas visualmente", esclarece a perita. Ainda conforme Richter, foram encontradas outras vestimentas espalhadas na região onde foi localizada neste domingo.
 
Padastro confessa o crime
 
O padrasto da menina encontrada morta em um matagal na zona leste de Londrina no domingo (21) confessou à Polícia Civil ter estuprado e assassinado a enteada de 9 anos. O homem está preso na PEL 1 (Penitenciária Estadual de Londrina) e será indiciado por estupro de vulnerável e feminicídio. A menina foi sepultada na manhã desta segunda-feira (22) no cemitério Jardim da Saudade, na zona norte. 
 
O fato foi comunicado inicialmente no plantão policial. Segundo o delegado chefe da Polícia Civil, Osmir Neves, em um primeiro momento, o padrasto apareceu acompanhado da mãe da menina noticiando o desaparecimento da enteada, no sábado (20). Os investigadores desconfiaram da versão do padrasto, contudo, ainda na noite de sábado ele insistia no desaparecimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GLOBO DA MORTE
Artistas se machucam durante apresentação de Globo da Morte em MS
FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
DESAPARECIDA - COMPARTILHE
Familia de Fátima do Sul procura por Paulete desaparecida há 4 dias
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos
REMEDIO CONTROLADO
Homem sai para caminhar e é encontrado morto em construção na Capital
MAIS UM ACIDENTE
Batida entre carretas deixa um morto e outro em estado grave na BR-163
MUNDO MEDONHO
Campanha pede a governo 82 mil bonecas infláveis para presos se “aliviarem”
INFANTICIDIO
Bebê morre após comer colher de sal dada pela mãe
MORTE ACIDENTAL
Policial civil aposentado de MS morre ao ser atropelado pela própria caminhonete