Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 13 de dezembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
CRUELDADE

Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime

O Padrasto tinha ido na delegacia com a mãe da menina dar queixa do seu desaparecimento

22 Jul 2019 - 12h51Por Bonde

Uma menina de 9 anos foi encontrada morta em um fundo de vale no Jardim Abussafe, zona leste de Londrina, na manhã deste domingo (21). A criança estava desaparecida desde a manhã de sábado (20) no Conjunto Alexandre Urbanas, conforme boletim de ocorrência e divulgação da família nas redes sociais. De acordo com a PM (Polícia Militar), o padrasto da menina teria confessado a autoria do crime e foi preso. 

Segundo o boletim de ocorrência registrado no sábado, a mãe da menina teria saído de casa pela manhã e deixado a filha com o padrasto, que a levou para a casa de um tio. Ao voltar para a residência, por volta das 10h, conforme o boletim, o padrasto teria ido tomar banho e deixado a menina na sala vendo televisão. Em seguida, o padrasto relatou que quando saiu do banho a menina não estava mais lá. Para a polícia, o padrasto disse ainda que recebeu a informação de que foi ouvido um grito de socorro vindo de dentro de um veículo preto.

De acordo com a perita Larissa Richter, do Instituto de Criminalística de Londrina, a menina foi encontrada em uma região de vegetação fechada e estava vestindo apenas uma blusinha. "Foram encontradas lesões na região do pescoço e há suspeita de abuso sexual. Mas o exame para comprovar ou não o abuso será realizado no IML (Instituto Médico-Legal), pois não conseguimos afirmar apenas visualmente", esclarece a perita. Ainda conforme Richter, foram encontradas outras vestimentas espalhadas na região onde foi localizada neste domingo.
 
Padastro confessa o crime
 
O padrasto da menina encontrada morta em um matagal na zona leste de Londrina no domingo (21) confessou à Polícia Civil ter estuprado e assassinado a enteada de 9 anos. O homem está preso na PEL 1 (Penitenciária Estadual de Londrina) e será indiciado por estupro de vulnerável e feminicídio. A menina foi sepultada na manhã desta segunda-feira (22) no cemitério Jardim da Saudade, na zona norte. 
 
O fato foi comunicado inicialmente no plantão policial. Segundo o delegado chefe da Polícia Civil, Osmir Neves, em um primeiro momento, o padrasto apareceu acompanhado da mãe da menina noticiando o desaparecimento da enteada, no sábado (20). Os investigadores desconfiaram da versão do padrasto, contudo, ainda na noite de sábado ele insistia no desaparecimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Ex-namorado é principal suspeito de matar mulher a pedradas
DOENÇA DO SÉCULO
ANGÉLICA: Mãe encontra corpo de filho após suicídio
ASSEDIO SEXUAL
Professora gata é presa por seduzir e tirar virgindade de aluno em motel
ACIDENTE FATAL
Estudante de medicina morre em acidente violento
FÁTIMA DO SUL - ALERTA
Pedófilos se passam cantora e ameaçam crianças que mandam até nudes, caso aconteceu em Fátima do Sul
ALERTA NAS ESTRADAS
Justiça determina que PRF volte a usar radares móveis em rodovias
COVARDIA
Criança de 3 anos é brutalmente espancada por desconhecido em Campo Grande
CONSUMIDOR LESADO
VÍDEO: cliente denuncia bomba rodando sem sair diesel em posto de Campo Grande
REVOLTANTE
Suspeito de estuprar filha pelo menos 7 vezes é preso em Ribas do Rio Pardo
INCENDIO CRIMINOSO
Moça morre após ter corpo queimado em incêndio provocado por criminosos