Menu
SADER_FULL
domingo, 23 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Ponta Porã

Comerciante de carros usados é executado com sete tiros por dupla armada

Motivações do crime são investigadas; arma foi localizada

18 Mai 2018 - 07h46Por Correio do Estado

Empresário de 37 anos foi executado a tiros na manhã desta quinta-feira (17), em Ponta Porã. Segundo a polícia, Alexandre Mascarenhas Gonçalves foi morto a tiros de pistola calibre 9 milímetros na frente da loja de veículos usados do qual é proprietário.

Testemunhas relataram que dois homens participaram do crime. Segundo os depoimentos, a dupla foi até o local em um veículo da marca Fiat, estacionou nas proximidades e continuou o trajeto a pé até o comércio de Gonçalves. Ao avistá-lo, atiraram pelo menos sete vezes.

O comerciante morreu no local. Os dois homens, que aparentavam serem jovens, fugiram e não foram sequer identificados até a publicação desta matéria. O caso é investigado pela Polícia Civil.

No início da tarde, investigadores do Setor de Investigações Gerais local encontraram a arma do crime e um casaco usado pelos bandidos abandonado em uma lixeira. Os objetos foram recolhidos pela perícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL - ENTRE VICENTINA E FÁTIMA DO
Velocímetro de moto que matou jovem travou em 120 km/h em acidente entre Vicentina e Fátima do Sul
ACIDENTE FATAL - ENTRE VICENTINA E FÁTIMA DO
Identificado motociclista morto em acidente na MS-376 entre Vicentina e Fátima do Sul
EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
ACIDENTE FATAL
Cavalos na pista podem ter provocado acidente com vítima fatal no Anel Viário
ACIDENTE FATAL
Container tomba na empresa JBS e mata manobrista de carreta
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem se suicida após perseguir e matar esposa a facadas
ABANDONO
Fazendeiro é multado em R$ 320 mil após gado morrer de fome e sede
AVANÇOU SINAL
Passageiras ficam feridas em acidente entre ônibus e carro
SOB INVESTIGAÇÃO
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa em bairro de Dourados
ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia