Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Policial

Com os ânimos exaltados, mulher passa mal ao ser presa por tráfico em Batayporã

Acusada comandava um esquema de venda de drogas em plena área central da cidade

6 Jul 2017 - 13h06Por Nova News

Uma mulher, de 40 anos, identificada pelas iniciais S.P., passou mal ao ser presa na noite desta quarta-feira (05), acusada de comandar um esquema de venda de droga na área de Batayporã. A Força Tática da Polícia Militar de Nova Andradina foi a responsável pela ação que aconteceu por volta das 20h, na Rua João Antônio da Silva.

Denúncias anônimas levaram à prisão da mulher. As informações apontavam que na residência da acusada havia uma intensa movimentação de usuários entrando e saindo do local que funcionava como um suposto ponto de venda de entorpecente.

Policiais militares do Serviço Reservado passaram a trabalhar no caso com base em uma denúncia da mesma natureza repassada à Polícia Civil. Um monitoramento foi realizado na residência quando um usuário de droga, já conhecido no meio policial, foi flagrado saindo do local com uma porção de crack que confirmou ter adquirido da acusada pela quantia de R$ 10,00.

Diante da constatação que no local funcionava uma ‘boca de fumo’, os policiais adentraram na residência e abordaram a mulher que acabou confessando que vendia droga há algum tempo e apontou onde o material ilícito estava escondido.

Os policiais encontraram no interior de um recipiente 26 trouxinhas de crack prontas para serem comercializadas, que totalizaram 6 gramas, e também uma porção de maconha pesando 5 gramas e a quantia de R$ 720,00 em notas miúdas. Ainda no local, a guarnição localizou um documento de identidade de um usuário conhecido no meio policial pelo envolvimento com o tráfico, bem como também um caderno de anotações dos “clientes” devedores do esquema comandado pela mulher. Uma corrente e dois celulares também foram apreendidos.

Antes de receber voz de prisão, a mulher teria ficado bastante nervosa, sendo necessário conduzi-la para receber atendimento médico, onde foi constatada apenas uma alteração de pressão. Posteriormente, a acusada foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Batayporã à autoridade competente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IRREGULARIDADES
MPF cobra R$ 22 milhões de Puccinelli e dois ex-secretários por falta de investimentos na saúde
Fatalidade
Trabalhador morre eletrocutado em propriedade rural
Tragedia
190km/h: Motorista e passageiro morrem em grave acidente
Macabro
Até ser descoberto, homem pedia marmita para o pai morto
Perdeu o controle da direção
Caminhão bitrem carregado com 38 toneladas de soja tomba na MS-480
Agressão
Ex-marido toma celular, quebra o chip e agride a ex-mulher em Deodápolis
Lei Islamica
Casais apaixonados e prostitutas são punidos com chicotadas em público
DEODÁPOLIS - CASO DE POLÍCIA
DEODÁPOLIS: DOF faz grande apreensão de armas e munições contrabandeadas do Paraguai
Assalto a ônibus
Tiroteio durante assalto dentro de ônibus deixa três mortos e quatro feridos
GLÓRIA DE DOURADOS - Perseguição
Policiais prende homem por porte de munições após fuga em Glória de Dourados