Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
tráfico de drogas

Com caminhonete de Fátima do Sul, casal fura barreira da PRF e acaba preso transportando maconha

Polícia investiga para onde a droga seria levada

17 Out 2013 - 08h05Por 94 FM

Um casal foi preso pela polícia rodoviária federal no inicio da tarde desta quarta-feira acusado de tráfico de drogas. Eles estavam em uma camionete e furaram a barreira da PRF na BR-463, entre Dourados e Ponta Porã, mas foram pegos logo em seguida.

Segundo a polícia, a Rosicleia Benta Portilho de 27 anos e o marido Miguel Sabino Vieira de 18, estavam numa camionete GM/Silverado da prata placas de Fátima do Sul pela rodovia e ignoraram ordem de parada da PRF, empreendendo fuga.

O casal seguia no sentido Ponta Porã a Dourados, e abandonaram o veículo e correram para um matagal, mas, foram presos pelos federais. O carro do casal estava com vários fardos de maconha. Estima-se que pelo menos 500 kg da droga estava sendo transportado no veiculo. O casal e a droga foi Polícia Federal de Ponta Porã para pesagem e apreensão.

Rosicleia, grávida de 3 meses, já tem passagens por tráfico em Ponta Porã. Aos policiais, ela disse que a droga seria levada a Campo Grande e pelo serviço receberiam R$ 15 mil. Já Miguel deu outra versão, alegando que a droga seria entregue na cidade de Fátima do Sul e pelo serviço receberiam 3 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GLOBO DA MORTE
Artistas se machucam durante apresentação de Globo da Morte em MS
FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
DESAPARECIDA - COMPARTILHE
Familia de Fátima do Sul procura por Paulete desaparecida há 4 dias
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos
REMEDIO CONTROLADO
Homem sai para caminhar e é encontrado morto em construção na Capital
MAIS UM ACIDENTE
Batida entre carretas deixa um morto e outro em estado grave na BR-163
MUNDO MEDONHO
Campanha pede a governo 82 mil bonecas infláveis para presos se “aliviarem”
INFANTICIDIO
Bebê morre após comer colher de sal dada pela mãe
MORTE ACIDENTAL
Policial civil aposentado de MS morre ao ser atropelado pela própria caminhonete