Menu
SADER_FULL
terça, 18 de fevereiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CRIMINOSO FORAGIDO

Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola

Segundo a Secretaria de Educação, criminoso é um adolescente que fugiu e está sendo procurado. Pelo menos seis alunos e uma professora ficaram feridos sem gravidade, segundo a Polícia Civil.

21 Ago 2019 - 15h37Por g1

Um ataque ao Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, em Charqueadas, na região metropolitana de Porto Alegre, deixou pelo menos seis alunos e uma professora feridos no começo da tarde desta quarta-feira (21). O criminoso, que usou uma machadinha, é um adolescente, informou a Secretaria Estadual de Educação. De acordo com a Brigada Militar, ele fugiu e está sendo procurado.

A Polícia Civil acrescentou que as vítimas não tiveram ferimentos graves e foram encaminhadas ao Hospital de Charqueadas, que informou que elas não correm riscos. Os alunos feridos são:

  • dois meninos e uma menina de 14 anos;
  • uma menina de 13 anos;
  • e duas meninas de 12 anos.

Segundo a Secretaria de Educação, a direção da escola disse que o adolescente, que não seria aluno da instituição, também usou um coquetel molotov no ataque.

 

Bombeiros e Brigada Militar nas imediações do Instituto Estadual Educacional Assis Chateaurbriand, em Charqueadas (RS), nesta quarta-feira (21)  Foto: Meta Notícias

Bombeiros e Brigada Militar nas imediações do Instituto Estadual Educacional Assis Chateaurbriand, em Charqueadas (RS), nesta quarta-feira (21) — Foto: Meta Notícias

Ainda segundo o delegado, um professor de educação física percebeu a movimentação e entrou na sala. Ele, então, conseguiu imobilizar e desarmar o criminoso, que no entanto conseguiu se desvencilhar e fugiu pulando um muro na parte da frente da escola.

Após o ataque, Bombeiros e BM foram até o local.

Até a última atualização desta reportagem, a Secretaria disse que estava se deslocando para lá. O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), informou que o vice, Ranolfo Vieira Júnior, também estava a caminho do colégio.

Massacre em Suzano

Em 13 de março, um adolescente e um jovem encapuzados atacaram a Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano (SP), e mataram sete pessoas, sendo cinco alunos e duas funcionárias do colégio. Em seguida, um dos assassinos atirou no comparsa e, então, se suicidou. Pouco antes do massacre, a dupla havia matado o proprietário de uma loja da região. Os criminosos eram ex-alunos do colégio.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - POLÍCIA
Policial aposentado mata homem que tentou assaltar filho com faca em Dourados
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 5 anos morre após ter 40% do corpo queimado em explosão de gasolina
BRINCADEIRA MALDOSA
Novo desafio lançado hoje viraliza e já causa vítimas nas escolas; vídeo
FALSA FOTÓGRAFA
Mulher oferece ensaio newborn grátis e envenena mãe para sequestrar bebê
GLÓRIA DE DOURADOS - FURTO
Ladrões fazem limpa, de fogão a notebook em propriedade rural em Glória de Dourados
RESSARCIMENTO
Se lei for aprovada , cada preso terá de devolver R$ 20 mil por ano ao Estado
ASSASSINATO
Morador de rua é encontrado morto com perfuração na axila em MS
LUZ DA INFÂNCIA
Operação contra pedofilia tem 5 mandados em MS e prende bombeiro aposentado na capital
GLÓRIA DE DOURADOS - INCÊNDIO EM VEÍCULOS
Incêndio em veículos pode ter sido criminoso em Glória de Dourados
ASSASSINATO
Após agredir esposa, policial mata sogro com tiro no peito em fazenda