Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 17 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
SE DEU MAL

Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro

Ação dos policiais foi registrada em vídeo e comemorada por populares que se solidarizaram com a refém.

5 Dez 2018 - 16h46Por Blasting News

Uma tentativa de assalto a uma joalheria no centro de Valença, pacata cidade que fica a 160 quilômetros do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (5), terminou mal para o assaltante. Na fuga, ele fez uma idosa de 83 anos refém e acabou morto a tiros pelos policiais [VIDEO] que o perseguiram. Em vídeo postado nas redes sociais, é possível ouvir populares aplaudindo e comemorando o desfecho do caso.

De acordo com informações passadas por testemunhas, o homem, que ainda não foi identificado e cujo corpo até o início da tarde se encontrava no local, assaltou a joalheria Barra Joias.

Enquanto ele colocava os objetos roubados em uma mochila, a dona do estabelecimento conseguiu escapar e chamou a polícia [VIDEO].

O acusado então empreendeu fuga em direção ao Mercado Municipal, mas ao ser abortado pela Polícia, ele fez uma idosa que passava pela Avenida Benjamim Guimarães, identificada como Tereza de Jesus Ferreira Sacramento, de 83 anos, como refém.

No vídeo, é possível ver que a idosa, fica bastante assustada e não reage à ação do criminoso.

Na gravação também é possível ouvir algumas pessoas gritando para que o rapaz solte a refém, enquanto outras pessoas o xingam e pedem para que o policial, que estava de arma em punho, atire no rapaz. Ele aproxima lentamente do suspeito, até que em dado momento a refém tropeça e cai no chão. Oportunamente o policial aproveita que a refém saiu do campo de mira e começa a efetuar disparos. O suspeito morreu a hora.

Com o rapaz caído, algumas pessoas correm até o local para ajudar a idosa, que não se feriu na ação, mas precisou de atendimento médico. Ela disse que não conhecia o rapaz e deverá prestar depoimento na delegacia nos próximos dias. As joias roubadas foram recuperadas pela polícia e também foi apreendido um revólver calibre 38, usando para praticar o crime.

Cidade é considerada pacata

Localizada a 160 quilômetros do Rio de Janeiro e com pouco mais de 76 mil moradores, a cidade de Valença é considerada pacata. Dados do Instituto de Segurança Pública apontam que em 2018 a cidade havia registrado apenas três homicídios dolosos, 50% a menos que no ano anterior, quando foram seis casos.

Por outro lado, o número de assaltos cresceu. Até outubro deste ano, quatro estabelecimentos comerciais foram assaltados, contra apenas um caso em 2017.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
ACERTO DO NARCOTRÁFICO
Dois corpos são localizados em menos de 5h na fronteira
DOENÇA DO SÉCULO
Sob pressão: mais um PM é encontrado morto em casa e suspeita é de suicídio
ACIDENTE FATAL
Paraguaia morre após colidir moto com 2 carros na BR-463 em Ponta Porã
TERROR NO PRESÍDIO
Briga de facções rivais deixa dez mortos em rebelião em presídio no Paraguai
ATAQUE DE CIÚMES
Mulher traída ataca o marido quando ele dirigia micro-ônibus
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
IVINHEMA
Incêndio destrói casa no Bairro Piravevê em Ivinhema (VÍDEO)
CRIME PASSIONAL
Homem morre após beijar mulher atrás de carreta e ser esfaqueado em Campo Grande
DOURADOS - CRIME BÁRBARO
Tio e sobrinho são encontrados mortos em Dourados