Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Procurada

Após prisão de 'musa do crime', Maria do Pó passa a ser a mais procurada de SP

Jornalista Luana Don foi capturada sob acusação de envolvimento com facção criminosa. Sonia Rossi é agora única mulher a figurar na lista dos 28 mais procurados pela polícia.

8 Jul 2017 - 08h11Por G1

Após a prisão da jornalista e advogada Luana de Almeida Domingos, a Luana Don, nesta semana, a traficante de drogas Sonia Aparecia Rossi, a Maria do Pó, passou a ser a mulher mais procurada pela polícia de São Paulo.
Até terça-feira (4) as duas apareciam no site de procurados da Justiça no site da Polícia Civil estadual. Mas com a prisão da repórter Luana Don, sob a acusação de envolvimento com uma facção criminosa, Maria do Pó se tornou a única mulher na lista dos 28 criminosos mais procurados no estado.
Luana Don, que também está sendo chama de "musa do crime" por policiais porque teria envolvimento com o Primeiro Comando da Capital (PCC), é acusada de participar da organização criminosa.
Segundo o Ministério Público (MP), a mulher de 32 anos repassaria informações sobre tráfico de drogas e até planos de ataques a agentes de segurança para presos e membros da facção que estão nas ruas.
Luana Don
Foragida desde novembro de 2016, quando a Justiça decretou a prisão preventiva dela na Operação Ethos, Luana foi presa na última terça numa ação conjunta da polícia de São Paulo com a do Rio em Ilhabela, litoral paulista. Na quinta-feira (6), ela foi transferida para a Penitenciária Feminina de Tupi Paulista, interior do estado.
Como a captura de Luana feita pela polícia, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que não houve pagamento de recompensa para quem desse informações que levassem até a repórter. O valor seria de R$ 1 mil.
Foi de uma penitenciária que Maria do Pó fugiu em março de 2006, quando deixou a unidade feminina de Sant´Ana, no Carandiru, Zona Norte de São Paulo. Já são 11 anos que a criminosa mais influente e perigosa do estado está foragida. Segundo o site da polícia, é oferecida a quantia de R$ 5 mil de recompensa por informações que levem a sua prisão.
Segundo policiais, Maria do Pó, atualmente com 56 anos, continuaria traficando, mantendo contato, inclusive, com a facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios paulistas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAFICO DE DROGAS
Na madrugada deste domingo dois homens e uma mulher acusados de tráfico de drogas são presos
PROCURADO
Foragido da Justiça sofre acidente de moto
ATENTADO PARANHOS
Testemunha de atentado contra prefeito é executada por pistoleiro ao sair de delegacia
BRIGA EM BAR
Homem morre vítima de esfaqueamento; autor é preso em flagrante pela Polícia Militar
TRAGÉDIA - NATURAL DE FÁTIMA DO SUL
Natural de Fátima do Sul, homem perde controle e morre após colidir moto em guard rail
CARAAPÓ - ACIDENTE COM VÍTIMA
Homem morre em acidente que teria provocado com caminhão em Caarapó
IVINHEMA
Polícia Federal apreende 11 carretas com cigarros contrabandeados do Paraguai
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher de 30 anos é violentamente agredida pelo ex-companheiro
ACIDENTE DE TRANSITO
Corpo de Bombeiros socorre motociclista vítima de acidente
MONSTRO
Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de 3 anos