Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de fevereiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SUICIDIO OU HOMICIDIO

Advogada criminalista é encontrada morta com tiro na cabeça em sua casa

Ela estava caída na cozinha de sua casa na Vila Santo Antônio, em Maringá. Um segurança da advogada foi quem a encontrou já sem vida e chamou o socorro.

22 Ago 2019 - 12h55Por Goionews

A advogada criminal Sandra Becker, de 50 anos, foi encontrada morta com tiro na cabeça na manhã de quarta-feira (21). Ela estava caída na cozinha de sua casa na Vila Santo Antônio, em Maringá. Um segurança da advogada foi quem a encontrou já sem vida e chamou o socorro.

Equipes do Siate e Samu deslocaram ao local com certa brevidade, mas o médico intervencionista constatou o óbito de Becker. Os policiais militares isolaram a cena do crime até a chegada da perícia e de investigadores da Delegacia de Homicídios. Ao lado do corpo havia uma pistola que foi apreendida.
O segurança confirmou que levou Sandra Becker na tarde da última terça-feira (20) na Delegacia da Polícia Civil para conversar com um delegado, depois a advogada pediu para ir a uma agência bancária e por fim que a levasse para sua casa.
No dia 28 do mês passado, Sandra Becker diz ter sido alvo de um atentado. Segundo a advogada, ela teria sido baleada na coxa na casa do falecido pai. Dois homens ocupando uma moto vermelha passou na frente efetuando vários tiros. Becker foi socorrida por meios próprios e encaminhada para o Hospital São Marcos.
Em entrevista para o repórter André Almenara, Becker acusava a família de Lourival Alves de ter
praticado esse e outros atentados. Lourival Alves morreu assassinado em janeiro de 2014 em Maringá. Sandra que era noiva de Lourival estava junto com ele em um carro quando um homem atirou e matou a vítima.
A advogada na época foi investigada pela Delegacia de Homicídios e apontada como sendo a mentora do crime. O assassino Marcílio Aparecido Alves, que confessou a morte, foi condenado e está preso na PEM. Becker foi condenada no dia 28 de julho do ano passado pela morte do noivo.
A sentença pela condenação foi em 13 anos e 10 meses por ser a mandante do assassinato. O júri popular que aconteceu em Curitiba durou três dias. O advogado de defesa entrou com recurso e Sandra aguardava em liberdade.
A criminalista sempre alegou que não mandou matar o noivo Lourival. Ela dizia que sempre apanhou de Lourival Alves, que sempre registrou boletim de ocorrência na delegacia contra ele. Sobre o assassino, Becker conta que Marcílio matou Lourival para defender Sandra das agressões que vivia sofrendo.
A Delegacia de Homicídios de Maringá vai investigar a morte da advogada Sandra Becker para apurar se houve um crime de assassinato ou de suicídio. (André Almenara).

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE TRAGICA
Caminhão passa por cima de cabeça de motociclista na Gury Marques
TRAFICO DE DROGAS
Mulher é flagrada com 240 gramas de fumo na vagina para entrar na cadeia
MUNDO MEDONHO
Casal é preso em praia por não consumir nada de barraca na areia
ABSURDO
Jovem denuncia pai por estupro e pede socorro para amigos por aplicativo
NOVA ALVORADA DO SUL
Homem que apanhou de prefeito é solto após amigos pagarem fiança
ASSASSINATO
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
TRAGEDIA NA RODOVIA
Três pessoas morrem em grave acidente entre Nova Andradina e Vila Amandina
DOURADOS - POLÍCIA
Policial aposentado mata homem que tentou assaltar filho com faca em Dourados
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 5 anos morre após ter 40% do corpo queimado em explosão de gasolina
BRINCADEIRA MALDOSA
Novo desafio lançado hoje viraliza e já causa vítimas nas escolas; vídeo