SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 22 de Julho de 2017
DELPHOS_FULL
17 de Julho de 2017 14h46

Adolescente que morreu eletrocutada no banho enviou foto de celular carregando

De acordo com o relatório policial, o celular da menina não chegou a cair na água.

Extra

A última mensagem enviada pela adolescente de 14 anos que morreu eletrocutada, na semana passada, por utilizar o celular durante o banho, mostra uma foto da extensão que ligava o aparelho à tomada, acompanhada da legenda: "Quando você usa uma extensão de forma que possa plugar seu celular enquanto está na banheira".

A imagem foi divulgada pela polícia de Lovington, no estado americano do Novo México, onde a menina morava, com a autorização da família dela que, segundo a emissora local "KCDB", quer conscientizar sobre os perigos de misturar eletricidade e água. O objetivo é alertar, principalmente, os adolescentes. Madison Coe estava falando ao telefone e carregando o aparelho enquanto tomava banho.

De acordo com o relatório policial, o celular da menina não chegou a cair na água. A foto mostra qure a estudante tentou ser cuidadosa, colocando a extensão sobre uma toalha, para manter os fios secos. Os investigadores ressaltaram, porém, que Madison não deve ter percebido os riscos e acabou enconstando no cabo, enquanto ainda estava tomando banho, na casa de seu pai. Segundo familiares, a mão direita dela ficou com uma marca de queimadura.

"Essa é uma tragédia que não precisa acontecer com mais ninguém. E nós queremos que algo de bom venha disso, como uma conscientização de não usar o celular no banheiro enquanto ele estiver carregando", já havia afirmado Donna O'Guinn, a avó da adolescente, pouco após o acidente. "Ela era muito esperta. Uma aluna muito boa na escola. Ela simplesmente amava a vida", acrescentou.

 

Madison morreu eletrocutadaMadison morreu eletrocutada Foto: Facebook/Reprodução

 

Madison jogava basquete e fazia parte da banda na Terra Vista Middle School, onde havia acabado de concluir o oitavo ano.

"Nós precisamos estar bem informados. Nós precisamos ensinar nossas crianças que eletricidade e água não combinam", salientou Donna. "Ela fará muita falta para todos nós. Ela tem um lugar especial no meu coração", completou a avó de Madison.

A família criou uma campanha de financiamento coletivo para angariar fundos para o funeral da adolescente, que aconteceu no último sábado, em uma igreja de uma cidade no estado do Texas. Também ocorreu uma homenagem na escola onde Madison estudava, Terra Vista Middle School. Balões de cor laranja, a favorita da menina, foram soltos, em sua memória.

Comentários
Veja Também
LÉO_GÁS_300
Nossa_Lojas
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
HERBALIFE_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.