SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 23 de Agosto de 2017
DELPHOS_FULL
25 de Maio de 2017 07h57

Acusado de matar a sogra e atirar na ex e no filho é preso 35 dias após o crime

O homicídio aconteceu no dia 19 de abril, em Três Lagoas.

CAMPO GRANDE NEWS

Wesley Sotto dos Santos, 21, acusado de matar a sogra e ferir a ex-namorada e o filho de dois anos a tiros, foi preso na noite de ontem (24), em Naviraí, 35 dias depois de cometer o crime. O homicídio aconteceu no dia 19 de abril, em Três Lagoas.

Conforme o site Tá na Mídia Naviraí, a Polícia Civil de Naviraí, levantou a informação de que o jovem estava escondido em uma casa na rua Monte Negro.

Os policiais fizeram um cerco no local e quando Wesley percebeu que seria preso, tentou fugir pulando o muro, mas foi pego. Na delegacia, ele informou que só queria dar um susto na sogra, Marlene Rodrigues Alves, 51.

Relatou ainda que colocou a mão na janela do quarto e começou a atirar sem olhar, que "só queria dar um susto nelas". Wesley ainda brincou com os policiais dizendo: "sonhei que vocês iriam me prender hoje".

Crime aconteceu no residencial Orestinho, na noite de 19 de abril, em Três Lagoas. (Foto: JPNews)Crime aconteceu no residencial Orestinho, na noite de 19 de abril, em Três Lagoas. (Foto: JPNews)

Crime - Na tarde do dia 19 de abril, Marlene procurou a Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher) contra Wesley, pois tinha chegado ao apartamento em que morava com a filha adolescente de 17 anos e encontrou Wesley com uma faca nas mãos ameaçando a ex-namorada.

No momento, a mulher pediu para que o jovem saísse da casa e de forma violenta e ameaçadora, Wesley disse que iria buscar uma "máquina" e iria matar a ex-companheira e a todos que entrassem na frente. Após a ameaça o jovem saiu do local.

Em conversa com a filha, Marlene soube que Wesley foi até o apartamento dizendo que iria se despedir do filho de 2 anos, pois o casal morava junto e após a separação, a jovem foi morar com o filho na casa da mãe.

Durante a conversa entre o ex-casal, o rapaz exigiu que a adolescente mostrasse conversas dela no celular e a jovem negou destravar o aparelho, causando fúria em Wesley. Ele pegou uma faca e começou a ameaçar a ex. Ele quebrou o celular dela, quando a mãe da jovem chegou e pediu que ele fosse embora.

Horas depois, Wesley voltou ao apartamento, mas encontrou o ex-cunhado. Eles brigaram e o rapaz saiu, voltando ao local por volta de 21 horas, quando mãe e filha estavam sozinhas.

Wesley chegou armado, segundo testemunhas, tentou abrir a porta da sala, mas estava trancada. Ele foi até a janela do quarto, encontrou Marlene, a ex e o filho e começou a atirar.

Marlene estava em pé e foi atingida por vários tiros. A adolescente foi ferida na boca e um tiro acertou o braço da criança.

Após o crime, Wesley fugiu em uma moto. Marlene morreu no local. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e socorreu mãe e filho, que não correm risco de morte.

Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
HERBALIFE_300
LÉO_GÁS_300
Últimas Notícias
  
HERBALIFE_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.