Menu
CÂMARA BONITO OUTUBRO 2019
quarta, 16 de outubro de 2019
CÂMARA FÁTIMA DO SUL OUTUBRO 2019
Busca
CIA DO BICHO
MUNDO MEDONHO

Açougueiro decepa mão de filho viciado em pornô

Mohammad Qayyum Qureshi tomou a medida drástica após flagrar o filho, Mohammad Khalid Qureshi, assistindo a vídeos pornográficos no celular.

26 Set 2019 - 14h03Por Extra

Um açougueiro foi preso em Hyderabad (Índia) acusado de ter decepado a mão direita de um filho que, segundo o pai, é “viciado em pornô”.

Mohammad Qayyum Qureshi tomou a medida drástica após flagrar o filho, Mohammad Khalid Qureshi, assistindo a vídeos pornográficos no celular. O violento incidente ocorreu no último domingo (4/3). O pai se entregou à polícia local.
“Outros membros da família ouviram os gritos e levaram o jovem imediatamente para o hospital”, disse ao “Hindustan Times”o inspetor P Lakshmikanth Reddy.
A mão foi reimplantada, mas os médicos que atenderam o jovem temem que a cirurgia não surta efeito.
O agressor foi indiciado por tentativa de homicídio.
De acordo com “PornHub”, a Índia é o terceiro país com maior número de usuários do site adulto, somente atrás de EUA e Reino Unido. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM CIDADE DO MS
Adolescente grita por socorro e homem é preso por tentativa de estupro em cidade do MS
ASSASSINATO
Motorista de aplicativo é morto com 15 tiros na fronteira
CASO DE POLICIA
'Disseram que eu não era homem', alega acusado de assassinar três trabalhadores
LATROCINIO
Pastor é baleado e morre em assalto; um suspeito foi preso e outro fugiu
CONTRABANDO
PRF apreende em MS 600 relógios e 120 maquinas de cartão de crédito de origem estrangeira
TRAGÉDIA COM 6 MORTES
Acidente em Doutor Ulysses: vítima gravou áudio minutos após tragédia
ITAPORÃ - ACIDENTE
Acidente há poucos instantes envolvendo a ambulância de Itaporã
CASO DE POLICIA
Policial de Naviraí evita assalto e troca tiros com ladrões
DESCARGA ELÉTRICA
Em MS, Ao encostar em fio de alta tensão, empresário sofre descarga de cerca de 7.900 watts
COVARDIA
Menino de 4 anos é morto a facadas pelo padrasto; mãe foi ferida, mas sobreviveu