Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de maio de 2018
RIO_DOURADOS
Busca
ITALÍNEA
NAVIRAI

Operação Nacional prende acusado em Naviraí por prática de pedofilia

A operação contra pedofilia prende sete e recolhe vasto material em Mato Grosso do Sul. Foram apreendidos câmeras fotográficas, computadores, CDs, HDs, entre outros materiais e encaminhados para a perícia

18 Mai 2018 - 11h18Por Campo Grande News

A operação "Luz da Infância 2", realizada em todo o País para combater a pedofilia, prendeu sete pessoas nesta quinta-feira (17) em Mato Grosso do Sul. Dos oito alvos da Polícia Civil, quatro foram presos em Campo Grande e outros três em Dourados, Glória de Doruados e Naviraí.

Um vasto material com pornografia infantil também foi apreendido, como computadores, notebooks, CDs, HDs, câmeras fotográficas e pen drives.

O Campo Grande News apurou que entre os presos em flagrante estão o músico Rafael Ferreira Garcia, de 23, preso no Jardim Colúmbia, Beny Tomonaga, o “Playboy”, de 32, preso na Chácara Cachoeira, e o eletrotécnico Aluísio Bohn, de 27 anos, preso no Coophavilla. O nome do policial civil, de 36 anos, investigado não foi divulgado. 

Os policiais também cumpriram um mandado de busca e apreensão em uma residência no bairro Rita Vieira, mas o suspeito não foi encontrado. Segundo a família, ele trabalha no interior, porém o carro e um computador também foram apreendidos.

A delegada Marília de Brito Martins, titular da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) considera que houve aproveitamento positivo de 90% da polícia na operação.

Os presos na Capital responderão pelos artigos 241-A (disponibilização ao compartilhamento e oferta de material pornográfico infantil) e 241-B (armazenamento de material pornográfico infantil) do ECA (Estatudo da Criança e do Adolescente). O músico responderá somente pelo artigo 241-B.

Delegada comenta resultado da operação que prendeu 7 pessoas em MS (Foto: Fernando Antunes)
Delegada comenta resultado da operação que prendeu 7 pessoas em Mato Grosso do Sul (FOTO - FERNANDO ANTUNES)

“Playboy” pagou fiança de R$ 3,8 mil e foi liberado porque não foi enquadrado em nenhum dos dois artigos. O rapaz responderá apenas por posse de munição, encontrada com ele durante a varredura policial pela manhã.

No interior do Estado foram cumpridos mais quatro mandados de busca e apreensão. Em Dourados, o empresário Toni Martins Siqueira, de 29 anos, foi preso em flagrante. Buscas foram realizadas na casa e também na empresa do rapaz, que responderá nos dois artigos.

GLÓRIA E NAVIRAÍ

Em Glória de Dourados foi preso o arquiteto Jonathan Felipe de Souza, de 33 anos, que também responderá nos artigos 241-A e 241-B. E em Naviraí a polícia deteve Lucas Nascimbeni, de 33 anos. A delegada disse que todo o material apreendido foi encaminhado para perícia, mas a princípio não há nenhuma informação envolvendo informação de material pornográfico infantil caseiro. Ela também solicitou a conversão de prisão preventiva.

A operação foi realizada em conjunto com o Ministério da Segurança e alerta para o crescimento de mandados de busca e apreensão no Estado. Os arquivos são de difícil acesso e a polícia precisou de ajuda de pessoas especializadas em computação para encontrar os arquivos nos computadores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
PF de Naviraí apreende carreta com carga milionária de cigarros
Navirai
Rose Modesto diz que o governo vai dobrar a rede esgoto da cidade
FATALIDADE - NOVO VÍRUS
Advogada morre 15 minutos após dar entrada em PS com vírus H3N2 em cidade do MS
Navirai
Ladrão 'gentil' rouba carro, mas pede táxi para vítima voltar para casa
Ex Presidiário
Homem é encontrado morto com braços amarrados e ferimento no pescoço
Navirai
Cascavel é encontrada em veículo, na frente dos Correios
Navirai
Homem é executado em cadeira de bar
Naviraí
Em 2 meses, homem é suspeito de furtar 30 peças de picanha de supermercado
Cavalgada
Naviraí revive o encanto das cavalgadas neste fim de semana
Furia da Natureza
Chuva intensa alaga casas, arrasta veículo e destrói asfalto em Naviraí