Menu
PASSARELA
terça, 19 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Desemprego

Justiça decreta a falência da usina de Naviraí

Uma das usinas que pertenciam à companhia fica em Naviraí.

13 Jul 2017 - 13h03Por Campo Grande News

A Justiça de São Paulo decretou a falência do grupo sucroalcooleiro Infinity Bio Energy, do empresário Natalino Bertin, condenado por lavagem de dinheiro pela Lava Jato. Uma das usinas que pertenciam à companhia fica em Naviraí. Durante a tentativa de recuperação judicial, a unidade passou a ser controlada por credoras.

Segundo informações do Valor Econômico, a empresa abriu mão da planta sul-mato-grossense como estratégia para reduzir o montante de dívidas, que na época girava em torno de R$ 2 bilhões. Os gestores fizeram o mesmo com a baiana Ibirálcool. Dessa forma, os débitos caíram pela metade, mas nem assim a companhia foi capaz de quitá-los.

Fora do controle dos Bertin, chegou a ser anunciada a reabertura da unidade em Naviraí. A indústria chegou a arrendar áreas de produtores e existe ainda hoje uma equipe de manutenção trabalhando, mas a atividade ainda não foi retomada, como havia sido anunciado.

Durante a recuperação judicial permaneceram sob o controle do grupo quatro fábricas, que também deixaram de operar e gerar receitas. A empresa manteve apenas seguranças para evitar danos às estruturas do local. Dessas, três também deveriam ter sido vendidas: a Alcana, localizada em Nanuque (MG); a Disa, em Conceição da Barra (ES); e a Cridasa, em Pedro Canário (ES).

Contudo, segundo o Valor Econômico, os credores não retiraram o gravame da alienação fiduciária, travando o processo de transferência.

Somente com o leilão da Disa, a empresa pretendia obter R$ 30 milhões para quitar dívidas trabalhistas. Com as demais seria possível pagar os demais débitos, mas sem recursos, acabaram vencendo os prazos.

O plano previa que os Bertin ficariam com a usina Cepar, em São Sebastião do Paraíso (MG), e com os canaviais da Cridasa, para manter as atividades econômicas, mas ela também deixou de operar.

Questionada pelo juiz da Vara de Falências paulista, a empersa afirmou que não teria recursos e que a única forma de efetuar os pagamentos seria alienando as usinas. Cabe recurso à decisão que decretou a falência. Agora, as unidades que ainda pertenciam ao grupo farão parte de uma massa falida que será a administrada por uma empresa chamada Deloitte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO DEPUTADO ONEVAN
Onevan acompanha emendas destinadas à Santa Casa e Centro Odontológico de Naviraí
PERDEU O CONTROLE DA DIREÇÃO
Carro pega fogo na avenida
AÇÕES DO DEPUTADO ONEVAN
Idealizado e inaugurado por Onevan, deputado participa de atividades da Guarda Mirim de Naviraí
NAVIRAI
Operação Nacional prende acusado em Naviraí por prática de pedofilia
CONTRABANDO
PF de Naviraí apreende carreta com carga milionária de cigarros
Navirai
Rose Modesto diz que o governo vai dobrar a rede esgoto da cidade
FATALIDADE - NOVO VÍRUS
Advogada morre 15 minutos após dar entrada em PS com vírus H3N2 em cidade do MS
Navirai
Ladrão 'gentil' rouba carro, mas pede táxi para vítima voltar para casa
Ex Presidiário
Homem é encontrado morto com braços amarrados e ferimento no pescoço
Navirai
Cascavel é encontrada em veículo, na frente dos Correios