SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 22 de Agosto de 2017
DELPHOS_FULL
12 de Junho de 2017 19h29

Culturama comemora 52 anos nesta terça e um dos fundadores fez um Poema para homenagear o Distrito

Culturama comemora 52 anos nesta terça e um dos fundadores fez um Poema para homenagear o Distrito

ROGÉRIO SANCHES / FÁTIMA NEWS
Foto: Arquivo da Família - O casal Dona Dega e Seu Bento -Foto: Arquivo da Família - O casal Dona Dega e Seu Bento -

Nesta terça-feira, 13 de junho, aniversário 52 Anos do distrito de Culturama, município de Fátima do Sul, e o Fátima News compartilha com seus leitores, principalmente com os moradores do distrito de Culturama, uma poesia de José Bento Dias, popularmente conhecido com “Seu Bento” de 88 anos.

José Bento Dias “Seu Bento”, é nascido no Piauí, no dia 24 de abril de 1929. Mudou-se para Vila Brasil (hoje Fátima do Sul) no início da colonização dessas terras. Morou por um tempo em Vicentina e depois se mudou para Culturama, onde mora desde 1965, ou seja há 52 anos, desde o começa da fundação, onde atuou como farmacêutico (Farmácia São Bento) por mais de 20 anos.

Hoje seu José Bento Dias vive em seus aposentos ao lado de sua esposa, a professora aposentada Francisca Bezerra Dias, mais conhecida como “Dona Dega”.

COMO SE DEU O NOME DE CULTURAMA

O nome da Vila foi decidido através de uma eleição em praça pública, quando se elegeu o nome de Culturama pelo fato de ser uma terra boa para a cultura de grãos e alimentos, que na época era muito forte.

Apesar dos métodos de agricultura terem mudado ao longo do tempo, nessa região a base da economia até os dias atuais continua sendo majoritariamente a agricultura e pecuária, sendo assim o termo “Cultura de grãos” cabe e continua sendo utilizado até hoje para explicar a escolha do nome do Distrito.

O LENDÁRIO COLÉGIO "O PIONEIRO"

Entre os fatores que fizeram o distrito crescer economicamente como disse anteriormente um deles foi à instalação do colégio “O Pioneiro”. Outro fator foi à montagem de feiras aos domingos. Essas feiras eram muito movimentadas, momentos em que muitas pessoas de diferentes lugares, das cidades vizinhas e até da cidade de Campo Grande, vinham vender os seus produtos. Apesar da grande distancia entre Culturama e Campo Grande. Esses produtores e comerciantes vinham vender suas mercadorias na feira, pois valia muito à pena, na época corria por essa região muito dinheiro.

O POEMA

Leia abaixo, um poema declamado por Seu Bento em comemoração aos 52 anos de Culturama

Sou filho de nordestino,

Nasci no Piauí

Vivi uma parte da vida

No canto do buriti

Não sei se é por aventura

Talvez por desventura

Que eu me encontro por aqui

Eu já morei em São Paulo

Na cidade de Andradina

Pra morar no Mato Grosso

Vim parar em Vicentina

Ali é terra de um povo primeiro

É lugar que corre dinheiro

---------------------------------------------

Eu mudei pra Culturama

Num cantinho de Mato Grosso

A vida aqui foi tão bela

Aqui eu angariei um colosso

Lá foi minha juventude

Lá foi meu tempo de moço

Eu vivo em Culturama

Talvez por ser minha sina

------------------------------------------

Eu para sair do Nordeste

Eu peguei dinheiro no baú

O dia foi de sol quente

Mas veio a noite do mau

Acho que era a sorte que eu tinha

E para a sorte minha

Parei em Fátima do Sul.

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
MBO_SEGURANÇA_300
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
Últimas Notícias
  
REINO_MATRÍCULAS_2017
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.