Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 20 de maio de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
ARTIGO DIA DAS MÃES

ARTIGO: Mãe é algo sobrenatural, e sem dúvidas um sentimento com poderes, Por Luciano Gazola

ARTIGO: Mãe é algo sobrenatural, e sem dúvidas um sentimento com poderes, Por Luciano Gazola

12 Mai 2019 - 14h49Por LUCIANO GAZOLA

O meu primeiro medo existencial foi o medo de perder a minha mãe. Podia ser dentro de casa mesmo ou no meio de uma multidão.

Não havia possibilidades de viver sem ela. Que ligação é essa que tem um filho com sua mãe ou uma mãe com um filho? É algo sobrenatural, sem dúvida um sentimento com poderes. Poder de curar, aliviar, segurar e até de adoecer. Na minha cidade a Prefeita é uma mãe. Na minha cidade temos uma Juíza. Na minha cidade temos médicas, advogadas, dentistas, e donas de casa.

Na escola onde eu trabalho temos mais mães do que pais lecionando. Eu sou casado com uma mãe, que além de mãe é enfermeira, secretaria de saúde, copeira, cozinheira, esposa, dona de casa e mãe, sim e mãe.

Como é a sua mãe? Sempre soube que as minhas vós eram os elos de nossas famílias. Minha mãe é o elo da minha família hoje. Quando ela escreve no “grupo da família” todo mundo fica em silêncio, todo mundo lê. Se ela fala alguma bobagem a gente até comenta no privado, mas só lá. Há uma reverência à maternidade. Se acabarem as mães acaba o mundo.

Os maridos nunca mais iam se secar porque não achariam as toalhas. Provavelmente morreríamos de resfriado, gemendo quinem crianças e as crianças de fome. As mamães tem poderes. Ainda mais aqueles que além de mães já são vovós, mais poderosas ainda. As mamães são profetas, sabem das coisas antes das coisas acontecerem. Dominaram o mundo, tudo gira em torno delas. Não se contentaram “só” em serem mães como se isso fosse só. Elas estão em todos os lugares. Dirigem, comandam, explicam e mandam. O mundo é delas. Não é sábio confrontar uma mãe. Hoje mesmo na hora do almoço eu fiz uma galinhada e todos comeram, não sobrou nem a rapa da panela, mas minha mãe disse que a dela é mais gostosa, é mais ensopadinha e ninguém questionou, nem eu, não sou maluco de questionar uma mãe, ainda mais a minha. Só eu sei quantas vezes vi o Nescau derramar na toalha limpa misteriosamente depois do aviso de “não suja a toalha”.

Eu não. Eu sempre concordo com elas. Se uma mãe diz que vai chover chove e se uma mãe não gostar da sua namorada ou namorado se prepara porque vai ser difícil. Elas têm um dom. O dom de nos ter carregado dentro de si. O dom de ter dado de si pra nós. Tem todo tipo de mãe, tem mamãe que já partiu pra eternidade, tem mamãe que mora perto, tem mamãe que mora longe, tem as que moram junto. Todas elas são o elo.

Quem respeita esse elo é feliz. Feliz dias das mães.

Lúcio Bah

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
ARTIGO DO DIA
ARTIGO: 'Depressão um elástico que te segura', Por Luciano Gazola
ARTIGO DA SEMANA
Artigo da semana: 'Não desista do bem', por Luciano Gazola
ARTIGO DA SEMANA
ARTIGO: 'Transforme erros em acertos', por Luciano Gazola
DICAS
Qual a expectativa sobre o VAR em 2019?
HISTÓRIA DA VIDA REAL
A emocionante decisão de juiz para ajudar jovem que viveu por 2 anos em galinheiro a ter uma casa
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
DICA DO DIA
Como obter uma autorização de residência no Brasil
ARTIGO - LÚCIO BAH
ARTIGO - 'Mais coletividade menos individualismo', por Luciano Gazola
ARTIGO - REFLEXÃO
ARTIGO: 'A vida e seus altos e baixos' - por Luciano Gazola