DELPHOS_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 30 de Abril de 2017
BANNER_LOTEAMENTO
20 de Março de 2017 09h03

ARTIGO DA SEMANA: 'Corumbá, outra vez' - Por Gilberto Avelino Mendes

ARTIGO DA SEMANA: 'Corumbá, outra vez' - Por Gilberto Avelino Mendes

FÁTIMA NEWS COM GILBERTO MENDES
FOTO: FACEBOOKFOTO: FACEBOOK

CORUMBÁ, OUTRA VEZ

                                                                             *Por GILBERTO AVELINO MENDES

Viajar para Corumbá é sempre emocionante.

O cerrado se estende como se fosse uma bela colcha felpuda de vegetação.

A fauna é rica e toda ela em encantamento vem até a beira da rodovia selvagem observar esses animais chamados automóveis passando em alta velocidade e rugindo ferozmente. Às vezes, a fauna fica tão encantada que chega muito perto da rodovia e acaba sendo atropelada por estes bichos insensíveis e, para sempre, ficam lá estendidos neste espaço que os encanta. Morte sem sepultamento.

Na rodovia, morto se vê toda espécie de bicho: capivaras, cotias, pássaros, lagartos, jacarés, catetos, uma verdadeira arca de Noé às avessas. A primeira foi feita para salvar, esta sacrifica.

Os montes são imponentes, quase arrogantes. Ficam lá de cima nos olhando por cima de seus olhos verdes, tentando nos intimidar com seu tamanho.

As lagoas plácidas flertam com jaburus e garças, trocam cochichos enamorados de uma forma tão intima e natural como comadres comentam sobre receitas de bolo. Os pássaros abraçam as lagoas, as lagoas abraçam os pássaros e esse affair somente é interrompido com a chegada de um jacaré traiçoeiro.

Perto de Aquidauana, existe um trecho onde as árvores conhecidas como chorões se erguem à beira do caminho, parece uma estranha procissão inerte de fiéis despejando suas lágrimas de saudades pelos viajantes que passam velozes pelo caminho, passam, passam e nunca ficam.

Um pássaro voa rápido ao lado do automóvel correndo de um carcará sanguinário. No pantanal, o mais rápido sobrevive.

Há uma beleza misteriosa neste lugar.

A natureza se mostra em seu esplendor, sem quaisquer receios, desnudando-se frente aos olhos menos apressados. Para os homens a regra transmuta-se – o mais lento aprecia... e se deixa encantar.

Olhamos para o banco traseiro do carro.

Meu sogro dorme tranquilo, está em paz.

Eu olho para ela.

Ela olha para mim.

Sorrimos e seguimos em frente.

Viajar para Corumbá é fascinante, mas não oferece os mesmos estímulos para todas as pessoas.

Suspiramos ao ver um lindo tucano que passa voando baixo exibindo suas lindas cores.

A vida segue no pantanal...

Comentários
Veja Também
FORTALEZA
LÉO_GÁS_300
Nossa_Lojas
Últimas Notícias
  
REINO_MATRÍCULAS_2017
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.