SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 23 de Setembro de 2017
DELPHOS_FULL
8 de Setembro de 2017 06h58

Acusado de matar adolescente em Vila Amandina é preso no estado do Paraná

No último domingo (03), o acusado se envolveu em uma ocorrência no Estado do Paraná

Ivi Noticias
Matheus Melo, de 17 anos, foi encontrado morto em uma estrada vicinal de Vila Amandina em março deste ano - Imagem: Ivi NotíciasMatheus Melo, de 17 anos, foi encontrado morto em uma estrada vicinal de Vila Amandina em março deste ano - Imagem: Ivi Notícias

No final da tarde desta quarta-feira (06), a Polícia Civil de Ivinhema deu cumprimento ao mandado de prisão expedido em desfavor de M.M.A.S., de 18 anos, acusado de latrocínio ocorrido na madrugada do dia 05 de março deste ano, quando o adolescente Matheus Souza Melo, de 17 anos, foi encontrado morto em uma estrada vicinal do Distrito de Amandina. Na ocasião, sua motocicleta NXR 150 foi subtraída.

 

Segundo a imprensa de Ivinhema, logo após o corpo da vítima ter sido encontrado, a Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, iniciou os trabalhos de investigação, que chegaram à autoria do crime. O acusado então se apresentou na Delegacia de Polícia acompanhado de um defensor, porém, segundo o delegado Ricardo Cavagna, a versão apresentada por ele não condizia com a realidade.

Ainda nas palavras do delegado, após ter se apresentado e dado a sua versão dos fatos, M.M.A.S. não foi mais encontrado. Várias tentativas de intimá-lo a prestar novos esclarecimentos foram frustradas devido ao fato de a Polícia Civil desconhecer o seu paradeiro. Diante disso, a autoridade policial representou pela sua prisão temporária, que foi decretada judicialmente.

No último domingo (03), o acusado se envolveu em uma ocorrência no Estado do Paraná, sendo que, de posse da informação, o delegado de Ivinhema entrou em contato com a polícia daquela cidade e comunicou sobre o mandado de prisão em aberto. A equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG) foi até o Paraná e trouxe o jovem que se encontra preso na Delegacia de Ivinhema.

O delegado afirmou que as investigações deverão ser concluídas no prazo de 30 dias. "Como o período da prisão decretada é de 30 dias, deveremos concluir o inquérito neste prazo. Algumas diligências serão realizadas para finalizar o procedimento. Felizmente concluímos mais um caso, com a prisão do acusado da prática de um crime grave", concluiu Cavagna.

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
HERBALIFE_300
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.