FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 19 de Setembro de 2014
19 de Abril de 2013 15h13

Chega a 11 o número de mortos em naufrágio na ilha do Marajó

G1
Naufrágio Cachoeira do Arari Pará Chaves (Foto: Fabiano Villela/ TV Liberal)Embarcação naufragou na madrugada desta sexta-feira, 19 (Foto: Fabiano Villela/ TV Liberal)

A Capitania dos Portos confirmou que subiu para 12 o número de vítimas do naufrágio de uma embarcação nas proximidades de Cachoeira do Arari, na região do Marajó, no Pará. Segundo o prefeito do município, Benedito Vasconcelos, que afirmou que pelo menos cinco vítimas eram crianças.  O barco "Iate Leão do Norte" que, apesar do nome, não é um iate luxuoso e sim uma embarcação de passageiros, havia saído de uma localidade do município de Chaves, no Marajó, com destino a Belém, levando aproximadamente 60 passageiros, segundo estimativa da Capitania dos Portos, já que a quantidade real de pessoas só será confirmada após o encerramento das buscas. O incidente ocorreu no início da madrugada desta sexta-feira (19), quando a maioria dos passageiros estavam dormindo.

(Correção: ao ser publicada, esta reportagem errou ao informar que o barco levava aproximadamente 80 passageiros. O dado, que havia sido divulgado pela Capitania dos Portos, foi reavaliado pela equipe de resgate. A nova estimativa da Capitania é que a embarcação transportava cerca de 60 pessoas. A informação foi corrigida às 14h54)

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Marinha do Brasil estão no local realizando buscas aos desaparecidos. A Prefeitura de Cachoeira do Arari decretou ponto facultativo para que os funcionários pudessem auxiliar os sobreviventes da tragédia."Estamos acompanhando de perto as buscas, junto com o Corpo de Bombeiros. No momento do naufrágio foram encontrados três corpos e agora, na varredura que os bombeiros fazem na embarcação, já tiraram mais dois. Encontraram adultos e crianças", afirma o prefeito Benedito Vasconcelos.

Barco naufragou no Rio Arari, no Marajó. (Foto: Reprodução/ TV Liberal)Barco naufragou no Rio Arari, no Marajó.
(Foto: Reprodução/ TV Liberal)

O gestor municipal acredita que ainda há corpos na embarcação. "Com certeza ainda estão dentro do barco. A viagem acontece geralmente à noite, as pessoas estavam dormindo", conta Benedito.

Os moradores da cidade estão abalados com o incidente. "É uma grande tragédia, onde toda a população de Cachoeiira está envolvida em questão de solidariedade. São seres humanos, pessoas que sempre viajam na época do inverno no rio Arari e sempre paravam em Cachoeira", diz o prefeito.

Equipes dos bombeiros trabalham no resgate das vítimas (Foto: Fabiano Villela / TV Liberal)Equipes dos bombeiros trabalham no resgate das
vítimas (Foto: Fabiano Villela / TV Liberal)

Pelo menos 46 pessoas resgatadas foram encaminhadas para a Casa Municipal, que abriga os sobreviventes e oferece atendimento. Oito pessoas estão internadas no hospital municipal. Uma criança de nove anos, que está em estado grave por ter aspirado água, foi resgatada pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros e trazida até a capital.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Marinha do Brasil realizam buscas aos desaparecidos no rio Arari. A prefeitura do município mobilizou seus funcionários para que possam ajudar os sobreviventes.

Em nota, a Marinha afirma que tomou conhecimento do naufrágio por volta das 01h20 e determinou que imediatamente os Navios-Patrulha “Parati” e “Pampeiro” fossem direcionados para a área do incidente, com apoio de duas lanchas e mergulhadores, para auxiliar nas buscas.

Será instaurado um Inquérito sobre Fatos e Acidentes da Navegação para apurar as responsabilidades, com prazo de conclusão em 90 dias.

Imprimir 
Comentários
Veja Também
Últimas Notícias
  
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.