Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
CORAGEM

Homem mata cascavel em plantação de fumo

Seu veneno é hemolítico, destrói os glóbulos vermelhos, e em 12 horas depois de ser mordido, sem receber o soro correspondente, pode causar a morte

22 Nov 2018 - 13h53Por Massa News

Em uma plantação de fumo, em Bernardo de Irigoyen, Argentina, alguns colonos tiraram uma fotografia com uma cascavel, que conseguiram capturar e matar.

A imagem começou a viralizar e nesta quarta-feira (21), o taxidermista, herpetologista técnico e presidente da Parceria Civil Yarará in Action, Amado Martinez, comentou a situação. "É uma espécie comum, ainda que cada vez menos, e que sempre foi caçada", explicou.

Amado Martinez explicou que seu veneno é perigoso e, embora "não é como jararacas, seu veneno é hemolítico, destrói os glóbulos vermelhos, e em 12 horas depois de ser mordido, sem receber o soro correspondente, pode causar a morte".

O especialista esclareceu que isso pode ocorrer "de acordo com a dose do veneno injetado e se o soro é o indicado, na Província não há muito para esta espécie".

Amado Martínez lamentou não ter sido informado sobre quanto mediu o chocalho do animal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPER HEROI
Halterofilista levanta carro de 2 T e salva homem que estava preso
CENTENÁRIA
Encontrada no Equador tartaruga gigante considerada desaparecida há um século
CHOCANTE
Casal de velhinhos comete suicídio para não dar trabalho aos filhos
CRUELDADE
Bebê sobrevive depois de ser esfaqueado 14 vezes e ser enterrado vivo pela própria mãe
BIZARRO
Mulher faz sexo com garoto de 6 anos e é condenada a 40 anos de prisão
ANOMALIA
Cadela tem segunda boca no lugar de ouvido
RECONCILIAÇÃO
"Ler a Bíblia me trouxe de volta a Cristo", diz Chuck Norris
CURIOSIDADES
4 Gatinhos param para ouvir cantor de rua que as pessoas ignoravam
DESUMANO
Indiana acorrenta filha a parede para poder ir trabalhar
AMOR AO PRÓXIMO
Casal americano adota quatro irmãos de Pernambuco para que eles não se separem