Menu
SADER_FULL
sábado, 24 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
CUMULO DO EXAGERO

Empregada é amarrada a árvore como punição aplicada pelos patrões

O "pecado" cometido por Lovely Acosta Baruelo, de 26 anos, foi ter deixado do lado de fora da casa um móvel caro.

17 Mai 2019 - 12h12Por Extra

Uma empregada filipina foi amarrada a uma árvore no quintal de uma casa em Riad (Arábia Saudita) como punição aplicada pelos patrões sauditas.

O "pecado" cometido por Lovely Acosta Baruelo, de 26 anos, foi ter deixado do lado de fora da casa um móvel caro. A ideia era mostrar à filipina o que o sol é capaz de fazer ao que é exposto a ele.
A punição foi registrada por outra filipina que trabalha como empregada no mesmo condomínio de luxo, de acordo com o "Metro".
Lovely não trabalha mais na casa. O caso foi denunciado na semana passada pela embaixada das Filipinas em Riad e a empregada foi expulsa da Arábia Saudita no dia seguinte.
"Obrigado a todos que me ajudaram. Temo pela segurança deles", disse a filipina, acrescentando esperar que os patrões paguem por "todas as coisas erradas que fizeram".
No Oriente Médio, imigrantes filipinos são usados como boa parte da mão de obra para trabalhos em residências e na construção civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLITICA
Governador diz que Bolívia quer posto alfandegário em MS
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
LUTA MORTAL
Jacaré gigante arranca antebraço de caçador de recompensa
LUTO NA MÚSICA
Cantor morre após ser atacado brutalmente por animal
CRUELDADE
Bebê pode perder o pé após madrasta colocá-lo na água fervendo
MUNDO MEDONHO
Campanha pede a governo 82 mil bonecas infláveis para presos se “aliviarem”
INFANTICIDIO
Bebê morre após comer colher de sal dada pela mãe
FORA DO HABITAT
Jacaré é visto escalando cerca na Flórida