Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
CONCURSO PUBLICO

Governo chama aprovados da PM e Bombeiros para exame médico

A inscrição custa R$ 270 e poderá ser feita desde as 13 horas desta sexta-feira

10 Nov 2018 - 08h05Por Campo Grande News

O Governo de Mato Grosso do Sul convocou aprovados nos concursos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros para exame médico. A lista pode ser conferida a partir da página 3 do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (dia 9). Foram 1834 chamados.

Os candidatos deverão entregar os documentos e exames na Academia de Polícia Civil Delegado Júlio Cesar da Fonte Nogueira, localizada na Rua Delegado Osmar Camargo, no Parque dos Poderes.

A listagem tem 1249 candidatos ao concursop da Polícia Militar e 585 que disputam uma vaga para entrar no Corpo de Bombeiros.

Segundo a publicação, o aprovado deverá agendar a avaliação presencial a partir das 13 horas até às 17 horas de 14 de novembro, acessando a área do candidato no endereço www.fapems.org.br. O valor do exame de saúde será de R$ 270,20. 

 

A prova da PM foi aplicada em 12 de agosto de 2018 e a do Corpo de Bombeiros em 2 de setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO VULNERÁVEL
Preso suspeito de embriagar, estuprar e divulgar vídeo de menina de 13 anos em Bonito
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
AUMENTO NA CONTA
Com recorde no gasto de energia em dezembro, conta de luz surpreende consumidores
CONFIRA A PREVISÃO
Defesa Civil emitiu alerta sobre chuvas intensas para este sábado e domingo em todo MS
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo de MS implanta alta tecnologia em presídios para tornar inspeção mais eficaz
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
MAU CARÁTER
Justiça prende marido que disse para amigo estuprar sua mulher adolescente
100 FOLIA
Virou moda? Depois de Bonito e Jardim, Terenos também cancela carnaval
BRIGA DE FAMILIA
Discussão familiar termina com morte
DEODÁPOLIS - CPI CHEGANDO
Vereador protocolou pedido de abertura de CPI para apurar denuncias de 2016 em Deodápolis